quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

"Uma favela sem tráfico. Até quando?"

O título deste post é o mesmo usado pelo jornal "O Globo" hoje em sua na capa. E na página 12, uma matéria sobre o assunto é um sopro de esperança para os que amam a cidade maravilhosa. Há 13 dias, o Morro Dona Marta, comunidade situada em Botafogo, no Rio, está livre do tráfico. O fato ocorreu depois da tomada da área pelo Poder Público. No dia 20 de novembro, 50 homens da PM e do Batalhão de Choque invadiram o local e fecharam todas as "bocas de fumo". Com isso, ocorreu uma fuga em massa dos bandidos da comunidade. E o que vemos após este período é a drástica diminuição no número de roubos e furtos nas proximidades. Além disso, comerciantes e moradores afirmam que acabaram os tiroteios, confusões e consumo desenfreado de drogas , que antes dominavam o local.

Coincidentemente, tenho um tio que mora ali na Rua São Clemente, em Botafogo. E posso falar por experiência própria, que passei alguns sufocos por medo de balas perdidas nos inúmeros tiroteios na comunidade.

Existe, entretanto, um temor das autoridades, pois mesmo sabendo que o grande cliente do tráfico é o viciado do asfalto, dados apontam que dentro destes locais mais humildes, existem também vários dependentes da droga. Então será necessário um tempo maior para se averiguar se a ação atingiu a clientela interna do tráfico.

Só espero que a ação policial permaneça em Dona Marta, conforme prometido pelo secretário de Segurança José Mariano Beltrame na mesma reportagem. E que a mesma se estenda até outras comunidades cariocas, também uma promessa de Beltrame. Aguardemos. E desde já ficamos na torcida para que tudo dê certo.