quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Cristo "abraça" o Rio



O momento atual é mais do que propício.O Rio sofre com instantes de tensão, medo e abandono.
O vídeo acima é uma ilusão de ótica de movimento no Cristo Redentor foi feito por meio de projetores de alta potência, sincronizados com 3D do ambiente e da estátua. A intervenção visual no monumento é uma iniciativa de mobilização nacional pela campanha “Carinho de verdade, um gesto contra a violência sexual das crianças e adolescentes” para chamar a atenção da sociedade para o problema da exploração sexual comercial de meninos e meninas.
Para simular o abraço, o cineasta Fernando Salis usou oito projetores, que cobriram a estátua com imagens do Rio, como sobrevoos de asa-delta, as florestas e até mesmo o trânsito. Ao som de Bachianas Brasileiras n.º 7, de Villa Lobos, e com animação em 3D, a estátua parece fechar os braços.
Aconteceu na noite de 19 de outubro deste ano. Acho que nem o mais pessimista carioca pudesse imaginar que pouco mais de um mês depois a realidade da cidade maravilhosa fosse a atual.
Um dia de paz no Rio....

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Se encontrar-Florbela Espanca


"Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida, pois
se Deus nos deu voz, foi para cantar!
E se um dia eu hei de ser pó, cinza e nada,
que seja minha noite uma alvorada!
Que eu saiba perder pra me encontrar!"

Parabéns irmão!!


Acabo de saber que meu irmão Bruno Peixoto, que se apresentou na Bienal de Campos, ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Esquetes "Camarim das Artes" realizado em Jacarepaguá, na cidade maravilhosa, neste fim de semana.
A premiação veio com um trecho da peça "O Cão sem Plumas", de João Cabral de Melo Neto, também encenado na Bienal.
Parabéns irmão!!

Coração - Ana Jácomo


"O coração da gente gosta de atenção.
De cuidados cotidianos. De mimos repentinos.
De ser alimentado com iguarias finas, como a beleza, o riso, o afeto.
Gosta quando espalhamos os seus brinquedos no chão e sentamos com ele para brincar.
E há momentos em que tudo o que ele precisa
é que preparemos banhos de imersão na quietude para lavarmos,
uma a uma, as partes que lhe doem.
É que o levemos para revisitar, na memória,
instantes ensolarados de amor capazes de ajudá-lo a mudar a freqüência do sentimento.
Há momentos em que tudo o que precisa
é que reservemos algum tempo a sós com ele para desapertá-lo com toda delicadeza possível. Coração precisa de espaço."

Canção do Dia de Sempre - Mário Quintana


Tão bom viver dia a dia...

A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas.

Bela infância - Dostoiévski


“Quem acumula recordações felizes
e boas imagens em sua infância
está salvo para sempre”.

sábado, 13 de novembro de 2010

Vai trabalhar, criatura!!!

O ex-governador Garotinho vai criar um "Governo Paralelo" para fiscalizar Sérgio Cabral.
Não é nada, não é nada...
Não é nada mesmo.

Alencar é o cara!

O vice presidente José Alencar dá mais uma prova de amor à vida. Enfrenta vários e vários obstáculos há anos e continua lutando. Impressionante! Esbanja alegria e bom humor e transforma um quadro desanimador numa estória de superação e alto astral.
Um exemplo para todos nós!

Cuide bem do seu amor- Paralamas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Lá na frente- Cáh Morandi


"queria que você soubesse
que não importa, não importa mesmo,
se amanhã ou depois for menos intenso,
for um pouco mais cansativo,
não pense hoje nas coisas de amanhã
mas se pensar,
pense em me ver como uma resposta
num grito de socorro,
pense em me ver como uma passagem
num pedido de sumiço,
pense em me ver como um abraço
num salto para o abismo,
pense em me ver na tua frente,
me aceite agora,
me leve para fazer tua história."

Uma pitada de Clarice


“…Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia
por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir -
nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos e chamamos de silêncio.”

in "Dá-me a Tua Mão"