sábado, 31 de outubro de 2009

Relicário no fim de semana Cássia Eller

Por amor- Clarice Lispector

"Agora preciso de tua mão,
não para que eu não tenha medo,
mas para que tu não tenhas medo.
Sei que acreditar em tudo isso será,
no começo,a tua grande solidão.
Mas chegará o instante em que me darás a mão,
não mais por solidão,mas como eu agora:por amor."

Malandragem-Cássia Eller

Fim de semana Cássia Eller- Meu mundo ficaria completo

Estrelas- Antoine Saint-Exupéry


As pessoas têm estrelas que não são as mesmas.

Para uns, que viajam, as estrelas são guias.

Para outros, elas não passam de pequenas luzes.

Para outros, os sábios, são problemas.

Para o meu negociante, eram ouro.

Mas todas essas estrelas se calam.

Tu porém, terás estrelas como ninguém...

Quero dizer: quando olhares o céu de noite,(porque habitarei uma delas e estarei rindo),

então será como se todas as estrelas te rissem!

E tu terás estrelas que sabem sorrir!

Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido.

Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá).

Terás vontade de rir comigo.

E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto...

E teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu.

Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"

Fim de semana Cássia Eller II- Luz dos Olhos

Fim de Semana Cássia Eller- Parte I

Olá amigos!
Neste fim de semana postarei vídeos da mineira Cássia Eller, a super cantora que nos deixou em dezembro de 2001. Começo com a canção "Por Enquanto", do inesquecível Renato Russo. Com a gravação desta música, no começo da década de 90, comecei a ouvir Cássia com mais carinho e atenção. Até hoje tenho uma fita cassete que era do meu amigo Gugu com as músicas do seu primeiro cd.
Espero que curtam....

Para ti- Mia Couto


"Foi para ti que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo
Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre
Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo
e pensei que tudo estava em nós
nesse doce engano
de tudo sermos donos
sem nada termos
simplesmente porque era de noite
e não dormíamos
eu descia em teu peito
para me procurar
e antes que a escuridão
nos cingisse a cintura
ficávamos nos olhos vivendo
de um só amando de uma só vida"

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Solte suas amarras


"Daqui a alguns anos estará mais arrependido
pelas coisas que não fez do que pelas que fez.
Solte as amarras!
Afaste-se do porto seguro! Agarre o vento em suas velas!
Explore!
Sonhe! Descubra!"

Mark Twain

Pessoas são músicas...

" Elas entram na vida da gente e deixam sinais.
Como a sonoridade do vento ao final da tarde.
Como os ataques de guitarras e metais presentes em cada clarão da manhã.
Olhe a pessoa que está ao seu lado e você vai descobrir,olhando fundo,
que há uma melodia brilhando no disco do olhar.
Procure escutar.
Pessoas foram compostas para serem ouvidas,
sentidas,compreendidas, interpretadas.
Para tocarem nossas vidas com a mesma força do instante em que foram criadas,
para tocarem suas próprias vidas, com toda essa magia de serem músicas.
E de poderem alçar todos os vôos,
de poderem vibrar com todas as notas,
de poderem cumprir, afinal, todo o sentido que a elas foi dado pelo compositor.
Pessoas são músicas como você. Está ouvindo?
Pessoas têm que fazer sucesso.
Mesmo que não estejam nas paradas.
Mesmo que não toquem no rádio."
José Oliva

Declaração de amor-Martha Medeiros


"Declaração de amor funciona.Não é varinha de condão, não faz mágica, mas jamais passa despercebida. Todo mundo, não importa a idade, o sexo ou o estado civil, quer ser amado. Podemos até já ser muito amados, mas queremos mais. Mas mesmo quando a gente desperta o interesse em quem não nos atrai, ainda assim isso mexe favoravelmente com nosso ego. E esta pessoa deixa de ser um ninguém. Um cara ou uma garota chega perto de você e diz com todas as letrasque você é a pessoa mais importante da vida dela,que te ama pra caramba e pede para que,se você um dia achar possível retribuir esse sentimento, mande avisar.Vira as costas e vai embora. Cacilda. Você só vai debochar dessa criatura se for muito tosco. Se você o achava um idiota, pense duas vezes: este idiota se amarrou em você,então não deve ser tão idiota assim. Apaixonou-se? Declare-se. Pode dar em nada, mas garanto que você vai ficar na cabeça de alguémo tempo necessário para ele considerar a hipótese."

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A disciplina do amor- Lygia Fagundes Telles


"Estranho, sim. As pessoas ficam desconfiadas, ambíguas diante dos apaixonados. Aproximam-se deles, dizem coisas amáveis, mas guardam certa distância, não invadem o casulo imantado que envolve os amantes e que pode explodir como um terreno minado. Muita cautela ao pisar nesse terreno. Com sua disciplina indisciplinada,os amantes são seres diferentes e o ser diferente é excluído porque vira desafio, ameaça. Se o amor na sua doação absoluta os faz mais frágeis, ao mesmo tempo os protege como uma armadura. Os apaixonados voltaram ao jardim do paraíso,provaram da árvore do conhecimento e agora sabem..."

domingo, 18 de outubro de 2009

Fim de semana Pedro Mariano- Parte IV

Ama-me- Hilda Hist


"Ama-me.
É tempo ainda.
Interroga-me.
E eu te direi que o nosso tempo é agora.
Esplêndida avidez, vasta ventura
Porque é mais vasto o sonho que elabora
Há tanto tempo sua própria tessitura.
Ama-me.
Embora eu te pareça
Demasiado intensa.
E de aspereza.
E transitória
se tu me repensas."

Fim de semana- Pedro Mariano- parte III

Charles Chaplin


Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância,eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.E então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional,não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferentee comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivotentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo,mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável...Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo. Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazergrandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e,com isso, errei muitas menos vezes.Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro.Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.Hoje vivo um dia de cada vez.Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.Tudo isso é... Saber viver!

sábado, 17 de outubro de 2009

Fim de semana Pedro Mariano-parte II

Martha Medeiros




"De todos meus versos de amor:
as rimas e frases reinventadas,
as jogadas de efeito,os subterfúgios
e os hai-kais,anotações de diário.
De todos os nomes que dei para crises de adolescência
e carências plagiadas,
de todo minimalismo,
clichês e letras de música.
De toda minha literatura,
você foi minha melhor página. "

Fim de semana Pedro Mariano- Parte I

Neste fim de semana vou postar algumas músicas do cantor Pedro Mariano. Filho de Elis Regina e César Camargo Mariano, há anos é um dos meus prediletos. Letras bacanas, swing de primeira, forte presença no palco...Enfim, o cara é bom!! Espero que curtam!!


Uma leve pitada de Vinícius de Moraes


"O verdadeiro amor de quem se ama

tece a mesma antiga trama e não se desfaz.

A coisa mais bonita desse mundo

é viver cada segundo como nunca mais."

sábado, 10 de outubro de 2009

De que são feitos os dias- Cecília Meireles


"De pequenos desejos, vagarosas saudades,
silenciosas lembranças.
Entre mágoas sombrias,
momentâneos lampejos:
vagas felicidades, inatuais esperanças.
De loucuras, de crime,
de pecados,
de glórias,
do medo que encadeia todas essas mudanças.
Dentro deles vivemos,
dentro deles choramos,
em duros desenlaces
e em sinistras alianças."

Fim de semana Lenine- parte II

Amizade



"O amigo é a resposta aos teus desejos. Mas não o procures para matar o tempo! Procura-o sempre para as horas vivas. Porque ele deve preencher a tua necessidade,mas não o teu vazio."

Gibran Khalil Gibran

Fim de semana Lenine

A presença de Mário Quintana neste fim de semana


"Presença"


É preciso que a saudade desenhe tuas linhas perfeitas,
teu perfil exato e que, apenas, levemente,

o vento das horas ponha um frêmito em teus cabelos...

É preciso que a tua ausência trescale sutilmente, no ar,

a trevo machucado,a folhas de alecrim desde há muito guardadas

não se sabe por quem, nalgum móvel antigo...

Mas é preciso também que seja como abrir uma janela

e respirar-te, azul e luminosa, no ar.

É preciso a saudade para eu te sentir

como sinto - em mim - a presença misteriosa da vida...

Mas quando surges és tão outra e múltipla e imprevista

que nunca te pareces com o teu retrato...

E eu tenho de fechar meus olhos para ver-te!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ternura - Vinícius de Moraes

"Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor
seja uma velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentando
Pela graça indizível
dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçurados que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer
que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras
dos véus da alma...
É um sossego, uma unção,um transbordamento de carícias
E só te pede que te repouses quieta, muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite
encontrem sem fatalidade
o olhar estático da aurora."

sábado, 3 de outubro de 2009

Mais Vercillo...

Ousar- Seneca


"Não é porque certas coisas são difíceis que nós não ousamos.
É justamente porque não ousamos que tais coisas são difíceis!"

Um fim de semana vercilando....

Lembrete- Mário Quintana


'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira.
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dado, um dia,
outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho,
a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo:
não deixe de fazer algo de que gosta devido a falta de tempo;
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente nao voltará mais.'

Para começar bem o fim de semana....

Uma pitada de Martha Medeiros


" o tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada, o tempo apenas tira o incurável do centro das atenções!..."

Nossa prisão-Antoine Saint-Exupéry


“Quando trabalhamos só com mira nos bens materiais, construímos nós próprios a nossa prisão. Encarceramo-nos, sozinhos com as nossas moedas de cinza, que não compram nada que valha a pena viver.”