segunda-feira, 28 de abril de 2008

Chega de Palhaçada 1!!!


Na manhã do sábado um grupo de pessoas que anda insatisfeito com os rumos que a política em nossa cidade tomou nos últimos 20 anos se reuniu no Calçadão para protestar! Confesso que achava que iria mais gente, já que ouço e vejo tantas pessoas revoltadas e desiludidas com o atual quadro em nossa Campos. Mas percebi conversando com um grande amigo na tarde do sábado, que muitas pessoas, entre as quais ele se inclui, não acreditam mais em nada mesmo! Achou legal eu ter ido, foi irônico sobre o resultado disso tudo, mas disse que era perda de tempo.
Graças a Deus, fui criado numa família que respirava política desde e até antes do meu nascimento. Tive tios perseguidos pela ditadura militar e me lembro até hoje de um comício pelas Diretas, quando morava em Cabo Frio. Confesso que o fato de minha eterna musa, Christiane Torloni, ser também uma das musas das Diretas, contribuiu e muito para que eu não me esquecesse daquela noite/madrugada. Mas passei por outros momentos marcantes e inesquecíveis. E naquela manhã de sábado ensolarado, foi impossível não lembrar do meu irmão Léo. Naquele mesmo calçadão, há 16 anos, lá estava ele liderando com outros amigos, o "Fora Collor!!" Como ele faz falta!! E no sábado mais ainda!!! Ali estava um grande amigo seu, Vítor Menezes, entre os organizadores e líderes da manifestação. Mas a vida é assim....fico triste por aquele amigo meu ter perdido esse momento. Mas cada um age como quer...E fiquei feliz por não ter perdido o sentimento de inconformismo!!! Falar e reclamar é fácil.....e se acomodar com isso também...Pena que muitos pensem assim. Não é à toa que vivemos esse momento. Infelizmente a maioria da população é acomodada e refém dos dois grupos políticos. É necessário mais que uma manifestação ou uma eleição. Mas fico feliz e de consciência tranquila que eu tenha cumprido meu papel. E ver juntos pessoas especiais também participando disso é melhor ainda. Amigos como Karina, Gustavo Rangel, Ricardo André, Rodrigo Rosselini, Cecília, e aqui deixo minha homenagem especial a essas duas mulheres: Laís e Alcione Peixoto.

Chega de Palhaçada 2!!!


Chega de Palhaçada 3!!!


Chega de Palhaçada 4!!!


Chega de Palhaçada 5!!!


Chega de Palhaçada 6!!!


Chega de Palhaçada 7 !!!


sexta-feira, 25 de abril de 2008


As 3 pessoas amigas que de vez em quando dão uma olhadinha no blog me perguntam a razão de meu silêncio. Não, não fui cooptado por nenhum dos dois lados - há quem diga que são 3 - desta estória maluca. Mas diante dos últimos fatos acontecidos em nossa cidade, não tenho muito o que falar, só tenho a lamentar. Acompanho tudo pelos blogs de pessoas mais bem preparadas como Roberto Moraes, Ricardo André, Vítor Menezes, Gustavo Rangel e o implacável Xacal! E os recomendo para todos que, assim como nós e outros tantos, estiverem de saco cheio disso tudo!! Eu estou assim...de saco cheio!! Guerra de liminares, recursos, emanharado de siglas e no fim de tudo é a população que sai perdendo. O meu cotidiano é jurídico também, e sei que tudo que está acontecendo, infelizmente, faz parte do jogo. Mas é muito triste. Uma vergonha para nossa cidade. E o pior é que está longe de acabar....como ilustração para esse dia lamentável, coloco uma foto da festa pela volta do A.M. Atentem para o erro de português esdrúxulo. Peguei a foto "emprestada" do Blog do Roberto Moraes. É o retrato atual de nossa cidade....

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Chega de Palhaçada!!!!!!!!!!


Blogueiros, artistas, jornalistas, estudantes, professores e vários outros cidadãos indignados, de qualquer categoria profissional, vão realizar no próximo sábado, 26, às 10h, uma manifestação popular no Calçadão de Campos, com concentração no Largo da Imprensa, para mostrar que nem todo campista está inerte diante do descalabro político que se abateu sobre a cidade.É uma chance de mostrar que ainda existe cidadania em Campos. Uma oportunidade de gritar um “Chega de Palhaçada!”, e convidar os campistas de bem a pressionarem por algo de novo na política.A iniciativa não tem qualquer relação com partidos ou entidades, e pretende apenas ser um gesto espontâneo de indignação.A sugestão é a de que cada um se vista de preto e utilize nariz e peruca de palhaço. Mas cada um pode e deve participar do jeito que quiser. E levar câmeras digitais para fazer a cobertura alternativa e publicar nos blogs, fotologs e portais de vídeo. Apitos também são bem-vindos.Espalhe esta convocação por todos os meios que estiver ao seu alcance e participe. Vamos mostrar que não estamos condenados a manter este cenário sombrio que se formou na cidade.Essa iniciativa vem lá do blog Urgente e já conta com adesões de peso, como a do Xacal, Roberto Moraes, entre outros.

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Eita noite boa!!!!


A noite de quinta-feira é muito especial para mim . Neste dia da semana me encontro com meus amigos e outros colegas e batemos nossa peladinha. Muitas mulheres, ou melhor, todas as mulheres se perguntam o porquê de tamanha adoração por uma bola. Na verdade, não é só um bando de homens correndo atrás de uma bola. Existe todo um ritual, que começa na nossa infância, passa pela adolescência e vai até onde as pernas e a saúde deixarem. Toda vez que acaba a pelada fico lembrando de anos atrás, quando eu era um dos destaques da rua, marcando gols e mais gols, correndo feito um doido pra lá e pra cá...Mas além da bola, inventaram a cerveja, e isso, somado aos 36 anos me impede de repetir atuações memoráveis como a de 15,20,25 anos atrás...Bate uma puta saudade dessas épocas, mas agradeço só pelo fato de conseguir ainda bater minha bolinha...E fazer isso ao lado de amigos/irmãos é melhor ainda!!!
Hoje iria escrever um pouco sobre minha admiração pelo Romário . Cheguei a começar, mas não rolou.... deixa para outro dia...vou mesmo é expressar minha alegria por esta noite, pelos amigose pela saúde que tenho, e pela vida!!!
Em tempo: Meu time recheado dos "trintões" e amigos, uma autêntica "panelinha",arrebentou na pelada hoje e ainda marquei 3 golzinhos...Meu muito obrigado aos meus amigos e parceiros de peladas há 18 anos, Popô e Gugu pelos passes de hoje...
saudações botafoguenses
PS- Ainda achei uma foto bem propícia para a postagem....eita tempo bom!!!! Pelada na rua!!!!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

FOGO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Que sensação maravilhosa começar a semana depois de um baile como o de ontem!! Noves fora a desculpa da altitude, que até entendo, mas não engulo como decisiva, meu Fogão sobrou ontem em campo!!! Ganhar e dar show em cima dos nossos maiores rivais é bom demais!! Só que não se pode esquecer que ainda temos um grande adversário pela frente: O Fluminense!!

Portanto, que Mestre Cuca prepare bem os ingredientes durante a semana para que tenhamos outro domingo maravilhoso semana que vem!! O time vem jogando bem e é sem dúvida o melhor time do Rio. Ganhamos 4 dos 5 clásssicos disputados, temos a melhor campanha, melhor ataque, melhor defesa e o artilheiro disparado do certame!! Só que isso de nada adiantará, em caso de derrota no próximo domingo.

Tenho um carinho especial pelo Fluminense. É o time de minha mãe, meu irmão, um tio que amo e admiro demais, e alguns amigos. Mas domingo é cada um por si.... Aos amigos flamenguistas, meus cordiais abraços!!! Aos tricolores...preparem-se que o Fogão vem aí!!!!

saudações alvinegras!!!!!

sexta-feira, 11 de abril de 2008


Tão bom vir aqui para falar de coisas boas....quero fazer mais isso...Hoje por exemplo fui surpreendido com um telefonema de uma pessoa tão importante na minha vida, que não podia deixar de escrever sobre isso.

Uma pessoa que mudou os rumos da minha e de outras vidas...por conta dela decidi voltar a cursar faculdade, decidi tentar ser alguém, para que ela pudesse se orgulhar...uma pessoa que sabe muito bem o que ela representa, e sabe mais ainda que nada, nem ninguém vai alterar isso...

Geralmente quem neste blog vem, é pessoa muito amiga. Não faço divulgação para todos...mas para pessoas que realmente amo..pessoas que sei que se importam comigo, me conhecem um pouco, entendem que sou meio doido e por aí vai....

Pois essas pessoas sabem que meu irmão cabeludo nos deixou duas jóias...dois anjos ...Yan e Estela...Sou um tio coruja, apaixonado e orgulhoso!! Com Yan tenho convívio frequente...agora mesmo ele dorme no meu quarto e nos traz lembranças de seu pai que nem ele imagina...Com ele aprendo coisas a todo momento e recebo um sorriso, a presença, a vivacidade e tantas coisas....

Pois bem...lembram-se que eu comecei este texto falando de uma pessoa?? Essa pessoa é minha "sobrinha-filha" Estela. Hoje fui surpreendido com uma ligação sua....se ela imaginasse o quanto isso vale para nós, e para mim em particular, acho que ligaria um pouco mais...Mais do que ligar, ela conversou...eu que sempre ligo para a figura e só escuto "Uhum..Uhum...", fui agraciado hoje com muito mais do que isso...Neste momento escuto a nossa música, "Nem um dia", de Djavan, e várias coisas vêm a cabeça...como ela mesma lembrou hj, quando assistíamos "Friends", e ela tinha 3,4 anos e ria junto comigo, sem entender nada....quando eu dançava com ela escutando Djavan e jogava ela pro alto!! Quando a pegava na escola...no Persona...os domingos no Jardim São Benedito...a primeira vez que ela teve que fazer exame de sangue...rsrs....sua formatura na Alfabetização....nós ouvindo Cássia Eller, Djavan (sempre ele..), Jorge Vercilo no "Barão Vermelho", e eu orgulhosamente olhando pelo retrovisor como ela sabia tudo de cor..rsrs...Lanches no Mc'Donalds com nossa Tia Ceila...eita Branquinha!!! Como é bom escrever sobre vc!! Como te amo!! Sem Yan e você, meu mundo não estaria completo!! Obrigado pela alegria de hoje!! Que outras venham!! Não sabia ao certo que foto colocar....escolhi essa....espero que goste....

terça-feira, 8 de abril de 2008

Parabéns aos verdadeiros jornalistas!!!!


Eu estava pensando em um mote para escrever sobre meu desencantamento com boa parte da imprensa de minha cidade. E escrevo isso, um dia após do dia do jornalista, comemorado ontem dia 07 de abril. Vivendo um momento traumático e sem precedentes, o campista hoje se vê diante de um dilema quando quer se informar, mas com isenção, ética e independência. Os dois maiores jornais de nossa cidade há tempos travam uma guerra política que, após os acontecimentos de 11 de março, ganhou proporções inimágináveis. De um lado, o tradicionalíssimo "Folha da Manhã", da família Barbosa e defensor aguerrido do (des)governo Mocaiber. Do outro, o jovem (em idade), mas arcaico( em linha editorial), "O Diário", ligado ao ex- (des) governador Anthony Matheus. Nos últimos tempos, temos sido testemunhas de como os bastidores do poder e do jornalismo são ligados. Logicamente, sabemos que isso sempre existiu na maiores democracias do mundo, mas é de estarrecer uma pessoa com um mínimo de discernimento e visão política, o que esses dois veículos de comunicação (??) vêm fazendo. De envergonhar!! Para nossa sorte, temos outras opções. E mesmo sendo o mais tradicional jornal de nossa cidade e um dos mais antigos do nosso país, o "Monitor Campista", há muito tempo esquecido, se transformou na minha modesta opinião, no jornal que pode nos passar a credibilidade e independência que tantos de nós queremos. Pode ser que eu esteja exagerando, e dentro de algum tempo, me decepcione também com a postura do 'Monitor", mas hoje ele é de longe o jornal mais confiável.

Além dos jornais de nossa cidade, temos também a guerra pelas "ondas do rádio". E isso também, infelizmente acontece há um bom tempo. Programas são produzidos e vão ao ar, com intuito único de criticar e espinafrar o adversário, ou elogiar e ressaltas a importância dos seus "patrões", sejam eles prefeitos, ex-prefeitos, ex-governadores, etc...

Tenho amigos jornalistas. Já quis ser um também. E, de repente, por intermédio desse blog, estou realizando esse sonho, já que adoro escrever. E por isso minha tristeza e desilusão. Poderia falar mais. Lembrar de outros fatos, em outras cidades...como esquecer por exemplo, a já conhecida edição da Rede Globo no debate de 89 entre Lula e Collor, quando favoreceu descaradamente o homem que tinha "aquilo roxo". Mas hoje pretendo só expressar minha tristeza com a situação de minha cidade. Aliás, infelizmente, é o que me traz mais aqui. Mas vai passar....

Para não dizer que não falei de coisas boas, coloco uma foto de 2 caras sensacionais, profissionais de primeira linha e jornalistas que honram a profissão. O meu abraço aos amigos (já que sempre estão em minha casa, por meio da ESPN Brasil), José Trajano e Juca Kfouri.

E a torcida, mesmo que um tanto utópica, que dentro em breve, possamos viver uma nova realidade em nossa Campos.
Obs: foto extraída do site da maravilhosa revista "Caros Amigos".

sábado, 5 de abril de 2008

VIVA CAZUZA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


São 7:55 da manhã....Queria ter vindo aqui ontem, dia 4 de abril, para escrever algo sobre Cazuza. E queria fazê-lo bebendo uma gelada e ouvindo suas músicas...Afinal, se fosse vivo, ele completaria 50 anos justamente ontem. E conversando com minha noiva sobre a data, disse ela que era estranho imaginar "Caju" um cinquentão. E não é que concordo com ela?? A imagem que a boa parte das pessoas tem do Cazuza, é daquele cara doido, inconsequente, beberrão, maior abandonado....Mas nunca saberemos como seria o "exagerado" com 50 anos...

Lembro-me bem do dia 04 de abril de 1990. Ainda fazia o 3º ano no Liceu, foi o melhor ano de minha vida, de amizades conquistadas que duram até hoje, mas aquele sábado de tempo nublado, foi sem dúvida um dia muito triste para mim. Sou fã de Cazuza. Quem me conhece sabe disso. O próprio nome do blog demonstra isso. E como foi doloroso, depois uma manhã tão legal junto dos meus amigos no Liceu, e ao chegar em casa, assistir a primeira chamada do Jornal Hoje: "Morre o poeta do Rock." Caramba!! Todos sabíamos da gravidade da situação, mas tínhamos esperança que a coisa pudesse ser revertida. Lembro-me bem de vários tratamentos alternativos a que Cazuza se submeteu, além de bobagens e absurdos que víamos nas revistas de fofocas, que , para quem não sabe, já existiam com força há 18 anos. Anos depois, ao ler o livro "Só as mães são felizes", pude vivenciar tudo aquilo de novo. E posteriormente com o filme, a mesma coisa.

Cazuza estava longe de ser santo. Todos sabem disso. Sua vida foi uma sucessão de erros, exageros, loucuras...e ele sempre soube disso. Não teve tempo, não conseguiu ou não quis largar a vida louca vida que escolheu...Não estou aqui para julgá-lo, como muitos fizeram. Recordo-me de um e-mail que rodou logo após o estouro do filme, arrasando com ele, o estilo de vida que levava, as merdas que fazia, a dependência química, opção sexual e tudo mais....Também lembro de uma ex-namorada e grande amiga que viu o filme, me ligou e me mandou este e-mail pra dizer: "É disso que você gosta??? É desse cara que é fã???" ..além de coisas da mesma espécie...Respondi na época e respondo hoje: Sim, é desse cara que gosto, adoro suas músicas, sendo ele do jeito que for...ou que foi....

Cazuza foi um transgressor, um poeta, um exagerado....Mas perguntem àqueles que vivenciaram aquela época, o que ele e Renato Russo, por exemplo, significaram para nós??? E até hoje significam!!! Quantos amores eu, e tantos choraram, ouvindo Cazuza???

Sua vida não foi em vão. Fazendo ele as várias besteiras que fez, inspirou sua mãe a realizar um trabalho fantástico de luta contra a Aids. A Sociedade Viva Cazuza iniciou suas atividades em 1990, quando Lucinha Araújo e João Araújo, pais de Cazuza, amigos e médicos decidiram dar continuidade à sua luta contra o HIV/AIDS.Em 1994, foi inaugurada a primeira Casa de Apoio Pediátrico do Município do Rio de Janeiro, em imóvel cedido pela prefeitura.Hoje, a Sociedade Viva Cazuza:Abriga 22 crianças com idade entre 3 e 15 anos, na Casa de Apoio Pediátrico;Mantém um site educativo e informativo sobre Aids, com objetivo de trazer informações científicas atualizadas sobre o tema em português;Desenvolve um trabalho de Apoio Social para 120 pacientes adultos em acompanhamento ambulatorial no Hospital da Lagoa e no Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião;Desenvolve Projeto de Prevenção à AIDS em escolas e empresas;Produziu e distribui a cartilha “Uma babá mais que perfeita”, para profissionais que trabalham com portadores do vírus da AIDS.

Ainda hoje escuto muito Cazuza. E me orgulho de ver meu sobrinho de quase 15 anos, cantando e curtindo suas músicas. Que realmente sejam feitas muitas homenagens ao poeta do Rock!! Besteiras e exageros, todos nós fazemos...ou não???? Que possamos celebrar a vida!! Pois Caju gostava disso!! Mais tarde abro uma cerveja e faço um brinde em sua homenagem!!!

VIVA CAZUZA!!!!!! SEMPRE!!!!!