sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Anamosca no Lord


A boa de hoje????Não tem pra ninguém!! A melhor opção hoje é curtir um rock and roll de qualidade com a banda Anamosca, na minha modesta opinião, uma das três melhores da região. Beatles, Rolling Stones, Paralamas,U2, Barão, The Police, Legião, Capital, Lulu Santos e muitos outros. Aonde??? No melhor bar de Campos...Lord Pub!!!!
Um repertório de primeira no melhor local da cidade!!! Uma mistura perfeita!!!
Só cheguem cedo....a noite promete!!!!!!!!!!!!
Aliás, vou deixar o site do Lord: http://www.lordpub.net/

Para começar bem o fim de semana II

Para começar bem o fim de semana...

Esclarecimento

Tentando mais uma vez encerrar o assunto, venho esclarecer que, ao contrário do que foi colocado por Dr. Claudio Andrade em seu blog, não foi postada no blog "Todo amor que houver nessa vida" nenhuma "nota" divulgada pelo vice-presidente da OAB, Dr. Carlos Alexandre. Conheço Alexandre há 15 anos pelo menos. Encontrei-me com ele, e entre reclamações sobre a fase do nosso Botafogo, conversamos de maneira descontraída e tranquila sobre os últimos acontecimentos. Uma boa conversa entre amigos. Nada mais. Sem caráter oficial ou algo parecido.
Portanto, chega de polêmicas.

Agora Massa tem chances....


Depois deste "amuleto" dado pelo pessoal do CQC, começo a acreditar no título de Massa domingo. Tomara que Hamilton use.
Fonte: Kibeloco

Não rachou...

Este blogueiro encontrou-se por acaso no Centro com o amigo e botafoguense fanático Carlos Alexandre, vice-presidente da 12ª subseção da OAB. Ainda revoltado com mais um "roubo" contra nosso Alvinegro, e usando de sua sinceridade de sempre, Alexandre tratou também de esclarecer alguns pontos sobre a nota "Rachou..", postada anteontem neste espaço:
Não há nenhum racha na OAB. O grupo continua mais unido do que nunca no mesmo espírito de trabalho em equipe, identidade de ideologia e amizade. O que aconteceu foi apenas a saída de um membro do grupo que, embora não integrasse nem a Diretoria e nem o Conselho (o cargo em questão era o de Presidente da OAB - Jovem), sempre foi considerado como parte importante deste mesmo grupo. Não houve racha. Racha pressupõe divisão de um grupo em grupos. Como somente uma pessoa saiu, não é o caso. A decisão de sair foi exclusivamente do Dr. Claudio, e sua saída não afetará em nada o prosseguimento dos trabalhos, pois se há uma coisa que a vida nos ensina todos os dias é que não há ninguém insubstituível. Prova disso é que nos próximos dias será anunciado o novo Presidente da OAB - Jovem.

Pois bem. Como conheço Alexandre há muitos anos, não tenho razões para duvidar de nada do que foi dito. Não poderia esperar algo diferente. A atual diretoria da OAB em Campos tem realizado um trabalho de primeira linha!! Ontem por exemplo, aconteceu no Forum um seminário sobre os 20 anos da Constituição Cidadã. Esse grupo se caracteriza por trabalhar com muita vontade, transparência, ética e discrição. Até porque na humilde opinião deste blogueiro, muito marketing nem sempre traz resultados de verdade.
Só tenho a agradecer ao amigo Alexandre por acreditar neste espaço para este esclarecimento. Tenho certeza que, como ele me disse, as coisas continuam normais e o trabalho continua em ritmo acelerado. O resto é "blá-blá-blá"!! Assunto encerrado!!!

Cada maluco que aparece....



O artista performático James Kuhn não é muito chegado na rotina. O maluco muda de rosto todos os dias do ano. Isso mesmo!! Conhecemos algumas pessoas "duas caras". Ele não....Ele é "365 caras". As criações de Kuhn, de 46 anos, variam desde personagens de cartoons a algumas de suas comidas preferidas, como o Big Mac.
Algumas das caracterizações de Kunh:
Morango, Melancia, Abacaxi, Salada de Frutas, Alface, Macaco, Zebra, Porco, Rato, Lagarto, Peixe, Kebab, Hannibal Lecter, Kiss (a banda de rock), Pu-Piu (o passarinho perseguido loucamente pelo Frajola), Balão da Goodyear, Esfinge Egípcia, Feto, Sabugo de Milho, Elma Chips, Saco de Pipoca...
Fonte: Page Not Found

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

"Mocaiber, pede pra sair!!!"

Calma gente!! Não é um desejo meu, apesar do desgoverno atual. A frase acima, repetida 4 vezes de forma veemente, é do vice-prefeito Roberto Henriques em entrevista concedida há pouco ao radialista Barbosa Lemos na Rádio Campos Difusora. Ele ainda comentou o fato de não ter nenhuma pessoa com sobrenome "Mocaiber" ou 'Vianna" entre os milhares de terceirizados demitidos pela Prefeitura.
A coisa continua quente na planície goitacá....

Realidade Política


Bonecart em Cabo Frio

Para quem estiver pela lindíssima Cabo Frio no comecinho de novembro, eis a dica: De 10 a 13 de novembro, vai acontecer no Teatro Municipal da cidade, a 4ª edição do Bonecart, festival nacional de teatros de bonecos. Um dos artistas mais conhecidos e respeitados do Brasil, o marionetista, artesão e animador cultural Clarêncio Rodrigues explica:
" - O primeiro Bonecart foi realizado em 1985, o segundo em 89. A partir daí passaram-se longos anos sem o evento, sendo realizada sua terceira edição em 2006. É importante a realização do festival aqui, pela forte ligação da cidade com o teatro de bonecos. (...) "

Em breve o blog traz a agenda com os espetáculos que serão exibidos.

Dica para os cinéfilos


Uma ótima pedida para o sábado: Vai rolar na Casa de Cultura Villa Maria o filme "12 Homens e uma Sentença" com Henry Fonda.
A história é bem simples. Doze jurados devem decidir se um jovem, acusado de assassinar o seu pai com uma facada no peito, é culpado ou inocente. Só que onze deles têm a certeza de sua culpa, enquanto o outro não quer votar por culpado apenas por cogitar a possibilidade do réu ser inocente. Não tem a clara certeza de sua culpa, algo que os outros possuem tão claramente. Como a jurisdição americana indica que só deve-se votar pela culpa do réu caso não haja nenhuma dúvida de sua acusação, e como todos os outros onze estão doidos para irem embora e acabarem com aquela 'chatice', o filme começa a criar os seus conflitos. Só que esse pouco caso de seus companheiros de júri acaba servindo de inspiração para que o jurado de número 8, interpretado por Henry Fonda (de Era uma vez no Oeste), busque cada vez mais a certeza dos outros jurados, tentando convencê-los a terem a mesma opinião que a sua, afinal, trata-se de uma vida humana que está em jogo, não um item qualquer.
As discussões são sempre de altíssimo nível. Você vai entrando cada vez mais na história e acaba por tomar partido igualmente aos jurados: ou você vai torcer pela inocência do rapaz, ou pela culpa, ou vai ficar confuso... O impossível é ficar indiferente ao roteiro extremamente bem escrito, curioso e inteligente. E os contra-argumentos são usados de maneira precisa e sem parecerem piegas ou moralistas demais. Vou dar um exemplo. Um jurado, para defender sua posição, utiliza-se de um argumento. Tempos depois, o jurado de número 8 utiliza-se do mesmo argumento para defender a inocência do rapaz. O mesmo jurado que havia utilizado primeiro o argumento, levanta-se e, esperneando, diz que esse tipo de coisa não deve ser levada em consideração. Mas ao invés do personagem de Fonda ir e repronunciar o contra-argumento, ele só olha de um jeito irônico para o outro jurado, que prontamente faz um olhar de perdido no mundo e pronuncia a frase 'isso não quer dizer nada'.

Fica a dica para os cinéfilos de plantão!! Na Vila Maria, sábado 1º de novembro,às 16:30!!!

Para descontrair..



Há cerca de duas semanas, estava indo dormir quando dei de cara com um sujeito meio esquisito no "Programa do Jô". Tratava-se do ator, cantor e multimídia baiano, Zéu Britto!!! Uma figuraça!!! Este vídeo traz uma singela homenagem à Claudia Ohana. Quem tem mais de 28 anos, há de se lembrar da primeira vez que a atriz posou para a "Playboy". Muito engraçado!!!

Em homenagem a meu amigo Guga, que conseguiu me ensinar a colocar vídeo aqui..rsrs

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Agradecimento a um amigão

Quero agradecer a meu amigo Guga, também conhecido como Gustavo Rangel, por ter me ajudado a incrementar um pouco mais este espaço. Valeu amigão!!! Grande abraço!!!

Rachou...

Uma importante entidade com fundamental importância em momentos históricos do Brasil, como a ditadura militar e a permanente luta dos direitos humanos, enfrenta uma crise em sua subseção local.
O jovem grupo que há cerca de 2 anos conseguiu uma expressiva e para muitos, surpreendente vitória, ao que tudo indica rachou....O motivo? As próximas eleições da entidade...
Uma pena realmente se o fato for confirmado, pois o trabalho desenvolvido até agora pela atual diretoria é muito elogiado entre os profissionais da classe.

Greve na Justiça: ninguém sai ganhando

Na mesma semana em que é celebrado o Dia do Servidor Público, alguns representantes da classe não têm muitos motivos para comemorar. Os serventuários da Justiça do Rio de Janeiro estão em greve há 37 dias. Segundo o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Rio de Janeiro (Sind-Justiça), a categoria exige que a Assembléia Legislativa (Alerj) vote o Projeto de Lei 1.666/08, encaminhado pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) desde junho passado, que concede reajuste de 7,3% para a categoria. O sindicato informou que somente as medidas urgentes estão sendo atendidas pelos cartórios.
Além do reajuste, os serventuários reivindicam a concessão do vale alimentação nas férias e durante as licenças médicas, a implementação do auxílio transporte e a elevação da data para a concessão do auxílio-creche para até os sete anos de idade.
A alegação dos grevistas é que há um embate político entre o governador Sérgio Cabral (PMDB), e o poder judiciário. Eles dizem que o Governo do Estado, que tem maioria absoluta e mantém a presidência do legislativo, tem impedido que a reivindicação seja posta em pauta.
O líder do governo na Alerj, deputado Paulo Melo (PMDB), informou ao sindicato que o projeto será votado no dia 5 de novembro, às 16h. Os grevistas informaram que pretendem manter a greve até essa data.
Com a paralisação, mesmo que parcial, diferentes setores da sociedade acabam pagando um preço alto. Mesmo com a greve em andamento, o Tribunal de Justica do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) não decretou a paralisação na contagem dos prazos dos processos que estão em andamento.
Mas não se pode colocar a culpa somente nos funcionários, que, afinal de contas estão lutando por direitos que consideram justos. Só esperamos um pouco de bom senso de ambos os lados. Os servidores poderiam ser menos radicais em algumas situações. E o digníssimo governador que está sempre a viajar pela Europa, mas que nos últimos tempos estava envolvido com as eleições no Rio, pode agora arranjar um tempinho em sua agenda e tentar resolver esse problema que se agrava a cada dia, prejudicando milhares de pessoas.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

E mais uma vez o Flamengo é beneficiado....

É uma sacanagem!!! Mais uma vez, o Flamengo é beneficiado pela CBF!!! Desta vez vetaram o Engenhão para o clássico Botafogo e Flamengo!!! Claro que não é certo que o Botafogo ganharia, caso o jogo fosse em seu estádio, mas é simplesmente uma questão de justiça. Lá o Botafogo enfrentou os rivais Vasco e Fluminense. Mas não pode enfrentar o Flamengo...Lá o Botafogo venceu rivais diretos do rubro-negro, como Cruzeiro, Palmeiras e Grêmio....Mas não pode enfrentar o Flamengo....Tremenda palhaçada!!!! A desculpe que arranjaram é que a decisão foi tomada após a resposta da Polícia Militar do Rio de Janeiro sobre as condições de segurança para a partida. Ou seja, só contra o Flamengo!!!
Por que ao invés disso, a dona CBF não dá uma vaguinha na Libertadores logo para o Flamengo??? Ou a faixa de campeão???
O presidente do Botafogo Bebeto de Freitas alega que a Secretaria de Segurança do Rio já havia liberado o clássico no Engenhão.
- Quero entender o porquê disso se a Secretaria de Segurança já havia dito que o Engenhão tem condições de receber o jogo. Então, o Botafogo não aceita isso e vai recorrer. Mas depois que a Federação do Rio interferiu em nome do Fluminense, nada mais me surpreende - reclama Bebeto.

Só para esclarecer: acho que o Flamengo nem precisa dessa "forcinha". O time é bem armado, tem banco de reservas, uma torcida magnífica e já vai fazer seus jogos finais quase todos em casa.
Mas com com uma manobra tão esquisita como esta, o equilíbrio da competição vai pelo ralo ....

Aliança muito estranha...

Quando se pensa que já viu de tudo em matéria de alianças políticas... Quase três anos e oito meses depois da missionária Dorothy Stang ter sido assassinada, um de seus mais antigos aliados políticos, Francisco de Assis Sousa, o Chiquinho do PT, elegeu-se prefeito em Anapu (PA) tendo como vice o fazendeiro Délio Fernandes (PRP), investigado como suspeito de ter sido um dos mandantes do crime.
A aliança entre os dois causou surpresa aos seguidores da causa da religiosa. Segundo o Ministério Público do Pará, em 2005 ela recebeu seis tiros em uma estrada vicinal da cidade devido à luta com grandes fazendeiros --Fernandes incluso-- para criar projetos de agricultura familiar em áreas supostamente griladas da região.
De acordo com José Batista, da CPT (Comissão Pastoral da Terra), Fernandes, que nunca chegou a ser processado pela morte da freira, é suspeito de ter se aproveitado dos mesmos processos de grilagens que Regivaldo Pereira Galvão, o Taradão, e Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, acusados de serem os mandantes do crime --o último, inocentado neste ano.
Quando a freira foi morta, houve boatos de que o Fernandes tinha dado proteção para Bida fugir, o que não se confirmou. Todos os suspeitos ou acusados sempre negaram envolvimento na morte.
Já Chiquinho do PT, que durante sua adolescência recebeu educação religiosa de Stang, era o principal aliado da missionária no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Anapu, do qual foi presidente.
Em 2003, ele formulou, junto com a missionária, um documento acusando Fernandes de ser grileiro de terras em Anapu. Logo depois do crime, tornou-se porta-voz da causa de Dorothy. Falava com a imprensa e se reuniu com ministros em Brasília para discutir o caso.
Mas, nos últimos dois anos, Chiquinho se afastou do grupo da freira. Para Jane Dwyer, da mesma congregação de Dorothy, a situação política na cidade, que ela disse estar "para lá de crítica", deve aumentar a pressão sobre o PDS (Projeto de Desenvolvimento Sustentável) criado pela antiga colega.

FONTE:UOL

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Sem novidades...

Desta vez os boatos não se confirmaram. O prefeito Mocaiber continua prefeito até 31 de dezembro. Mais detalhes nos blogs de Ricardo André e Roberto Moraes.

Expectativa na cidade

O sempre antenado Ricardo André traz em seu blog que o ainda prefeito Alexandre Mocaiber vai conceder entrevista coletiva às 16h30, na sede do Museu Olavo Cardoso. Resta aguardar para sabermos se os rumores de sua renúncia vão ou não se confirmar.
E eu que pensei que com o fim das eleições as coisas fossem se acalmar....

A Vitória de Gabeira

Transcrevo texto do publicitário Lula Vieira, responsável pela campanha de Fernando Gabeira no Rio. Uma lição para tantos políticos que conhecemos...
A fonte é o blog "Balaio do Kotscho", do jornalista Ricardo Kotscho.

“Escrevo ao meio dia de domingo, antes de encerrar a votação aqui no Rio de Janeiro, com as pesquisas de intenção de voto indicando empate técnico entre os dois candidatos a prefeito, Fernando Gabeira e Eduardo Paes.
Trabalhei para Gabeira desde quando ele tinha 4% das intenções de voto e era um candidato tão pequeno que nem mereceu ser entrevistado pelo RJTV, que restringia o supremo prestígio de ser ouvido pelos repórteres àqueles que tivessem algo acima de 5% das intenções de voto.
Invariavelmente Gabeira aparecia na condição de “outros” quando os jornais e as emissoras de televisão falavam dos candidatos. O que mais ouvi neste mês de agosto foi que sem dúvida Gabeira era o melhor nome para a Prefeitura, mas que infelizmente não teria a menor chance.
Os eleitores mais conscientes tratavam de escolher “o menos pior” entre os que poderiam ganhar, Jandira Fegali, Bispo Crivella e Eduardo Paes. Essa difícil e desanimadora escolha ficava entre Jandira e Paes, pois “Crivella nunca”, pelo menos na ótica – como eu já disse – dos mais conscientes. Ou dos mais bem informados, sei lá.
Uma revista semanal, acredito que a IstoÉ ou Época (Veja tenho certeza que não foi) chegou a apelidar Gabeira de “Candidato Carrossel” por girar, girar, girar e não sair do lugar. Fui procurado pela mulher de Gabeira, Neila Figueiredo, e selamos o trabalho em conjunto no dia do velório de dona Ruth Cardoso, no aeroporto Santos Dumont, que permanecera fechado durante toda manhã.
Teria total liberdade, desde que não resolvesse criar um Gabeira de mentira. A restrição a qualquer tipo de maquilagem ia até mesmo à própria maquilagem. “As rugas são as marcas do tempo no rosto dele, devem ficar”. Não seria necessária a advertência. Mas fiquei contente por ouvi-la.
Acho que os marqueteiros são responsáveis pelo esvaziamento do conteúdo verdadeiro dos candidatos, embora não tenham culpa na falta de caráter e na compulsão pela mentira. Essas características o sujeito já traz de casa, ou de berço, como queiram.
Dias depois, na minha casa, traçamos o rumo da campanha: não atacar o adversário, ser absolutamente transparente, não sujar a cidade. A transparência deveria ir até mesmo no caixa da campanha: nada de Caixa 2, não receber dinheiro de companhia de ônibus nem de cooperativa de taxi, pagar e receber tudo “por dentro” e colocar todas as movimentaçõs imediatamente na Internet.
Se você for até o site da campanha vai achar lá o ítem “Ebulição”. É a nossa empresa. Todos os pagamentos que recebemos (e pagamos os impostos) estão lá. Para os padrões brasileiros, o dinheiro da campanha era quase pobre.
Como vantagem tínhamos a melhor equipe que a ideologia pode comprar: Moacir Góis na direção do programa de televisão, João Paulo na edição, Moacir Padilha dirigindo o rádio, Carlinhos Chagas na redação, e por aí afora.
Gente que se dispôs a trabalhar por menos da metade do que poderia cobrar, mas que se sentia recompensada pela oportunidade de se engajar na campanha de um candidato digno, limpo, idealista, agradável.Coisa raríssima nestes dias que correm.
Uma noite, logo nos primeiros dias, o Campanelli da MCR apareceu com um jingle de estarrecedora simplicidade, mas com potencial de se tranformar num mantra: “O Rio é de Gabeira…Gabeira…Gabeira” num ritmo classificado de “marchável”, meio hip hop, um chiclete de ouvido irresistível.
Fizemos um santinho, uma equipe se encarregou do site, nos concentramos nos programas de TVe rádio e entregamos a Deus, que com certeza deve ter pensado “Crivella nunca”. Tanto é verdade que Crivella, que vinha liderando as pesquisas, se envolveu com o escândalo de uma obra que se chamava “cimento social” e serviu como pá de cal para suas pretenções, com perdão pelo trocadilho.
Teve até a participação de um militar alucinado que entregou uns garotos para serem chacinados por uma gangue do tráfego. Tudo respingou no Bispo e no seu discurso messiânico de ungido pelo céu e por Lula. Só no discurso dele, pois ambos não quiseram se comprometer.
Tivemos a imensa vantagem de termos bom tempo na TV e no rádio, cerca de cinco minutos, e de não sermos ameaça para ninguém. Por isso pudemos apresentar Gabeira com toda calma, como alguém capaz de ter uma visão mais aberta, mais moderna, mais cosmopolita para os imensos problemas da cidade.
Eduardo Paes veio como o grande síndico que se preparou durante dezessete anos para ser prefeito. Dizia conhecer cada pedra, cada buraco da cidade. Prometeu instalar 40 UPA’s (Unidades de Pronto Atendimento), uma espécie de Centro de Saúde feito rapidamente e outras coisinhas que transformariam o Rio de Janeiro numa Finlândia em apenas 4 anos.
Jandira, por ser médica, centrou seus esforços na saúde e Crivella era o amigo dos pobres. Jandira parecia ter acabado de acordar no meio de um plantão: nervosa, desgrenhada, vestido aparentemente amassado.
Entre os nanicos, o candidato do PT resolveu transgredir a mais sagrada das normas da televisão e passou o tempo todo falando de lado, para um ponto à esquerda do espectador. Bonitinho, bonzinho, arrumadinho, era o bom filho, o bom colega e o bom professor.
Todos sabem que realmente é um homem direito, mas ficou bonzinho demais, arrumadinho demais. Falou bastante, mas todo mundo se perguntava porque ele olhava para o lado. Chico Alencar é o Chico Alencar, veio de Chico Alencar e falou como Chico Alencar. Levou os votos de Chico Alencar. Meia dúzia.
Os demais se confundiam com os candidatos a vereador. Um deles tinha um belo slogan: “quem pica cartão não vota em patrão”. Em conjunto eles iam implantar o socialismo, destruir a Rede Globo e conduzir os povos à libertação, à verdadeira democracia e à divisão justa de renda.
Chega o dia da eleição e, para estupor geral, Gabeira – o candidato Carrossel, o sem chance, o nanico do bem, tira um magnífico segundo lugar e vai para o segundo turno, juntamente com Eduardo Paes, candidato do governador e do presidente. O
O espanto maior, no entanto, foi dos institutos de pesquisas que até o dia anterior davam como certa presença de Crivella como adversário de Paes. Neste mesmo dia, Gabeira virou maconheiro, viado, defensor do aborto e da prostituição, nefelibata e tudo mais que é possível se falar contra um político brasileiro.
Só não poderia ser demagogo, mentiroso e ladrão porque no caso do Gabeira é impossível se falar isso dele. Nas primeiras semanas todos os derrotados se aliaram ao Paes, que passou a ser candidato da máquina estadual, nacional e universal (do Reino de Deus).
Lula falou de Paes, Cabral falou de Paes, Crivella falou de Paes, Jandira falou de Paes. Até Molon do PT e Vladimir Palmeira se aliaram a Eduardo Paes. O solitário apoio a Gabeira veio de César Maia, o único prefeito do mundo que surtou e virou blogueiro em pleno mandato.
Quer dizer, vieram dar apoio, além de Cézar Maia, Caetano Veloso, Fernanda Torres, Adriana Calcanhoto, Alceu Valença, Debora Colker, Oscar Niemayer, Gustavo Lins, Alcione, Wagner Moura, Martinália, Pedro Luiz, Marina Lima, João Bosco, Paula Toller, Frejat, Nelson Mota, Armínio Fraga, Aécio Neves e mais oito mil voluntários.
Logo no comecinho me lembro de uma passagem de Gabeira. Um político, dos mais conceituados, propôs a Gabeira começar a mostrar os podres da turma de Paes, um amplo arco de alianças que iam do famoso Piciani a Jorge Babul, passando por uma varidíssima fauna de pessoas sobre as quais não resta a menor dúvida.
Gabeira respondeu: “eu prometi não atacar adversários”. O interlocutor não deixou por menos: “então você vai perder”. Gabeira respondeu firme: “então eu vou perder”. Noutra ocasião, um empresário, que já foi meu cliente, liga oferecendo dinheiro para a campanha. Gabeira instrui o financeiro: “você já sabe, quando empatar com as despesas, pare de receber qualquer dinheiro”.
Nunca antes na história deste país um político se dispôs a receber somente o dinheiro necessário para a campanha. Fizeram de tudo, de tudo mesmo, até a suprema burrice: mandar imprimir na Gráfica da Ediouro, de quem sou Diretor de Marketing, um folheto contra Gabeira.
Ninguém acreditou nem vai acreditar, mas tal como Lula, eu não soube de nada, a não ser quando o TRE confiscou o material, que por sinal estava dentro da Lei, com nota fiscal e tudo. Paes ficou repetindo o bordão: “Gabeira é apoiado pelo César Maia, Gabeira é apoiado pelo César Maia, Gabeira é apoiado pelo César Maia”.
O engraçado é que todo o currículo de grandes realizações de Paes foi como subprefeito, e secretário… de César Maia. Que raça! No telefone, Gabeira fala de uma vereadora: “ela é analfabeta política…está fazendo política suburbana”. Os jornalistas ouvem e dão a notícia.
Mais um bordão: “Gabeira é preconceituoso, Gabeira é preconceituoso, Gabeira é preconceituoso”. Milhares de faixas são impressas: “sou suburbano com muito orgulho”. Uma feijoada é oferecida aos suburbanos ofendidos e Noca da Portela e outros menos votados dão apoio a Paes, o amigão do subúrbio.
Cria-se uma situação irreal. Gabeira, menino pobre, que vendia banana e ovo para ajudar o pai, professor voluntário na Zona Norte, vira o “candidato dos ricos”, enquanto Paes, menino da Zona Sul, estudante de colégios caros e da PUC, quer se consagrar como “o candidato dos pobres”.
Paes, 38 anos, cara de garotão é o velho matreiro, conhecedor dos meandros da política, o experiente. Gabeira, 68 anos é o jovem, impetuoso, novidadeiro, contemporâneo. E começam os debates. Até o último, da TV Globo na sexta-feira anterior ao domingo da votação, foram 7 deles.
Gabeira venceu sempre, na opinião dos internautas. Alguns momentos foram muito bons. Por exemplo, quando Paes afirmou que se preparava a vida inteira para ser prefeito do Rio, Gabeira respondeu: “pois eu me prepararei a vida inteira para… a vida inteira”.
Ou, então, quando Paes disse que seria necessário saber que “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, recebeu como resposta: “a esta altura da vida eu já sei”.
Vladimir Palmeira pode nesta eleição ter batido o recorde mundial de ingratidão. Gabeira sequestrou o embaixador americano para que Vladimir, entre outros presos políticos, pudesse ser libertado. E Palmeira decidiu apoiar Eduardo Paes.
Por falar em embaixador sequestrado, a filha do próprio fez absoluta questão de declarar seu apoio a Gabeira. E contou que o pai dela tinha boas recordações dele. Na imprensa escrita, inaugurou-se um novo tipo de colunismo: o de crítica a horário eleitoral gratuito. Como se fosse novela.
O Globo e o Jornal do Brasil tiveram seus colunistas que diariamente comentavam sobre roupa, postura, edição. O colunista do JB, se sentindo obrigado a fazer uma gracinha por dia, algumas vezes se perdeu na busca do humor.
A certa altura, como o programa de Gabeira fazia enorme sucesso com seus clipes de cantores, Paes colocou no seu programa a entrevista de uma jovem na rua que afirmou: “eu quero ver propostas, não musiquinhas bonitas”. Nem na Noruega se vê tanta participação cidadã.
Uma jovem exigir dos candidatos a apresentarem suas propostas de governo é tão natural quanto as donas de casa que afirmavam que Paes no seu tempo de sub prefeito entrou na lama até a cintura para ajudar as pessoas assoladas por uma enchente.
Uma enorme demonstração de incompetência de seus auxiliares foi não encontrar uma única foto registrando o heróico feito. Hoje o eleitor decide quem é o prefeito do Rio de Janeiro. O resultado sairá dentro de algumas horas. Seja qual for o vencedor, Gabeira sai muito maior do que entrou.
É um político que pode se orgulhar do respeito de todos, inclusive de seus adversários, que jamais colocaram em dúvida sua honradez e honestidade. Outra vitória de sua candidatura foi a de trazer para milhões de pessoas a informação de que é possível se fazer politica com seriedade.
Trouxe também a participação dos jovens, entre os quais, as pesquisas eram unânimes em apontá-lo como o candidato preferido. Nesta eleição não se ouviu o tradicional discurso do “político é tudo igual”, principalmente por parte deles.
Gabeira demonstrou que os políticos, como as pessoas, são diferentes. Sua campanha termina com a marca da elegância, do bom humor e do amor pelo Rio de Janeiro. O Rio foi votar sorrindo. Essa é a grande, a enorme vitória de Fernando Gabeira”.

domingo, 26 de outubro de 2008

É ela!!



Foto:Leandro Nunes


E o povo escolheu Rosinha!! Deu assim, uma nova oportunidade para o grupo político do ex-governador Garotinho fazer algo por Campos. Depois de meses de denúncias, escândalos, prisões e muito bate-boca, a população enxergou em Rosinha a possibilidade real de mudança.

Só nos resta torcer e desejar que ela consiga cumprir suas promessas de campanha e mudar o panorama atual. E com certeza, continuar de olho , cobrando e denunciando, sempre que for necessário, o que não estiver certo.

Boa sorte prefeita!!!


Gabeira na Band News

O candidato dos meus sonhos nesta eleição, infelizmente derrotado no Rio, concede neste momento entrevista coletiva para a imprensa, transmitida ao vivo pela Band News.
Quem quiser acompanhar pela internet, o site da globo news:http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM61910-7823-GLOBO+NEWS+AO+VIVO,00.html

Eleitores de Rosinha já comemoram!!

Passei agora há pouco pela Beira Rio e o clima entre os eleitores de Rosinha já é de festa!!! Buzinaço, foguetório e muita vibração. Espera-se somente que o clima de guerra que vimos na cidade durante a campanha não se instaure na noite de hoje.

Que pena...

Com 86,54% dos votos apurados, já fica nítido que não deu para Gabeira no Rio. Aqui em Campos, Rosinha Garotinho já coloca uma boa vantagem e confirma o favoritismo.
Vida que segue...

Do Blog do Noblat

"Uma eventual vitória de Fernando Gabeira para prefeito do Rio de Janeiro quebrará sólidos e antigos paradigmas que orientam as campanhas eleitorais desde os tempos idos.
De frente para trás: neste momento, as regiões mais densamente habitadas da cidade, principalmente as zonas norte e oeste, estão coalhadas de cabos eleitorais de Eduardo Paes, candidato do PMDB.
Onde a vigilância da Justiça Eleitoral é frouxa (quer dizer: na maioria dos lugares), faz-se boca de urna - embora ela seja proibida. Onde há vigilância, distribue-se bandeirinhas de plástico.
A campanha de Gabeira, por orientação dele, descartou o uso de cabos eleitorais no dia da eleição. Falta material de propaganda. Gabeira levou ao pé-da-letra a promessa de não sujar a cidade.
Na manhã de ontem, atrás de cartazes, dezenas de pessoas invadiram o comitê central da campanha de Gabeira na avenida Rio Branco. Os únicos que havia estavam colados nas paredes. Foram arrancados.
Paes torturou-se ensaindo para os oito debates que travou com Gabeira no segundo turno. Aluno aplicado, memorizou estatísticas, preparou perguntas capciosas e bolou respostas para tudo.
Gabeira não perdeu muito tempo se preparando para os debates. No dia do último e mais importante, o da TV Globo, passou duas horas trocando figurinhas com seus assessores - sem deixar de atender o celular.
Em uma eleição renhida, candidato bate e apanha. Gabeira só apanhou - e apanhou bastante. Prometera não atacar o adversário - e cumpriu a promessa.
Dá para ganhar eleição em uma grande cidade sem gastar muito? Gabeira apostou que sim. Aceitou doações - desde que pudesse revelar na internet o nome dos doadores e quanto cada um deu.
A mais chulé das campanhas conta com a ajuda de um marqueteiro. Gabeiro foi o marqueteiro de sua campanha. Ninguém escreveu o que ele devia dizer no rádio e na televisão - nem ele mesmo. Improvisava.
Enfrentou o candidato do presidente da República, do governador do Estado e da Igreja Universal amparado por um PSDB que no Rio é raquítico, e por um DEM que não ousa dizer o nome.
Um candidato assim pode se eleger?
Com a palavra os cariocas."

Blogosfera arrebentando mais uma vez!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais uma vez os blogs locais estão 'bombando"!!! Meu destaque especial para quatro:
Vitor Menezes e sua turma do "urgente" (http://www.urgente.blogspot.com/) , com certeza um dos melhores blogs da cidade, dão mais um show de cobertura nesse dia de eleições. O meu abraço com muita admiração por mais esse trabalho super bacana. E hoje com um diferencial: O [vota + fala] !!
Também o meu abraço para o meu amigo Ricardo André ( http://ricandrevasconcelos.blogspot.com/) que voltou com força total!!! Estávamos realmente sentindo falta!!! A blogosfera em peso agradece!!!
O implacável Xacal (http://atrolha.blogspot.com/) não pode ficar de fora. Com seu humor ácido e inteligente, tem seus milhares de desafetos, mas não deixa perguntas sem respostas. O cara arrebenta!!!
E por fim, o "Ligação Direta" (http://ligacaodireta.blogspot.com/), dos amigos botafoguenses Álvaro e Luiz Costa, que hoje deixa um pouquinho o esporte de lado e dá uma atenção toda especial à eleição em nossa cidade!!!

Valeu!!!!

E agora??




Quem vai governar Campos??? Ele ou ela???
Foto do Leandro Nunes, "pescada" no blog Ligação Direta dos alvinegros Álvaro Marcos e Luiz Costa.

Um dia para esquecer....

Votei há 15 minutos. E não gostei nada da experiência. Logo eu que adoro esse clima de democracia. Como é triste ter que sair de casa, enfrentar um calor infernal e ainda ter que escolher entre dois candidatos em quem não acredito. Por um instante tentei me teletransportar para o Rio de Janeiro para votar no Gabeira. Não consegui.
Tudo indica que agora teremos 4 anos dos "Garotinho" em Campos. Mais uma vez confesso que não tenho esperança nenhuma de que as coisas mudarão. Teremos caras novas, é verdade. E outras nem tanto. Aguardemos algum tempo e veremos como se posicionarão os vereadores eleitos, jornais, rádios... As decepcionantes experiências com o casal em questão não me deixam acreditar que eles farão algo diferente.
Espero que eu esteja errado.

Só faltava essa....Rosinha presidente....

Fiquei assustado e com muito medo agora. Acabo de ler um post no blog de Ricardo André dando conta que Rosinha disse que pode ser a primeira mulher a ser presidente do Brasil. Meu Deus!!!
Já não bastam os 4 anos como governadora e os próximos 4 como prefeita de minha cidade???!!!
A futura prefeita pode ter sido prejudicada pelo calor que faz em Campos hoje. Prefiro pensar dessa forma.

Vereadora Lucinha é convidada a se retirar de zona eleitoral

A vereadora Lucinha (PSDB) foi convidada a se retirar de uma zona eleitoral em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, na manhã deste domingo (26). As informações são da assessoria do TRE.

Segundo o TRE, ela estava no local quando várias pessoas começaram a se aglomerar em torno da vereadora, e os fiscais pediram para que ela se afastasse do local, pois a situação poderia configurar boca-de-urna.Ela, que foi a vereadora mais votada no Rio, apóia a candidatura de Fernando Gabeira (PV). Lucinha se reconciliou com Gabeira após o episódio envolvendo uma conversa telefônica ouvida por alguns jornalistas, na qual ele disse que a vereadora Lucinha, do PSDB, teria uma “visão suburbana e precária” sobre o aterro sanitário de Paciência, na Zona Oeste.

Dá-lhe Xacal!!!

O implacável blogueiro Xacal desabafa hoje em seu blog (http://atrolha.blogspot.com/), e nos deixa alguns interrogações no ar:
"Será que é pedir demais que tenhamos gestores comprometidos com a coletividade, e não apenas com seus projetos políticos privados...?
Ou exigir transparência e eficiência na gestão de uma montanha de recursos, que parece nos soterrar em um pântano de corrupção e ignomínia...?
Será que é pedir demais termos uma imprensa menos "comprada" e manipulada...?
Enfim, será que é pedir demais algo melhor do que o telhado de vidro, ou o pecado capital...?"

E justificando sua escolha pelo voto nulo, ainda diz:

"Porém não consigo deixar de fazer um exercício:
Como não avaliar o passado, os atos, as gestões dos concorrentes para fazer meu juízo de valor sobre seus possíveis futuros governos...?
Com certeza uma boa dose desse juízo é baseado na confiança, mas essa confiança não pode ser alimentada apenas pela "fé"....
Ela deve ser fruto de uma relação verdadeira, de uma análise racional, e não apenas uma "invenção" dos especialistas de marketing...
Enfim, fomos "condenados" ao voto nulo, e apertaremos as teclas como aquele que aciona o próprio cadafalso sob seus pés...!
Mas esse é o preço da democracia, e não inventaram nada melhor para dirimir nossos conflitos...
Mas tenho certeza que hoje morri um pouco...
Foi o dia que disse a minha cidade:
Tanto faz..."

Pode ter certeza Xacal, que muitos pensam da mesma forma. Sou um deles.
Grande abraço!!

152 urnas foram substituídas segundo o TSE

O primeiro balanço do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o segundo turno das eleições, neste domingo (26), aponta que 152 urnas eletrônicas foram substituídas até às 10h20, o equivalente a 0,19%. De acordo com Giuseppe Dutra Janino, secretário de Tecnologia de Informação do TSE, em nenhum local há votação manual até agora. O estado de São Paulo é o que mais teve de substituir urnas, com 34. No Rio de Janeiro, 30 urnas foram trocadas. Em Santa Catarina foram realizadas 24 substituições, enquanto, no Maranhão, o número de trocas é de 20. O diretor-geral do TSE, Miguel Campos, afirma que este número de trocas está dentro da normalidade e abaixo do registrado em pleitos anteriores. "As substituições estão em percentual muito menor do que o primeiro turno e bem abaixo das eleições anteriores".

No primeiro turno foram substituídas 2.540 urnas eletrônicas, o equivalente a 0,56% do total. Como exemplo da maior tranqüilidade neste segundo turno, Campos cita que no Pará e em Goiás não foram registradas trocas. Os dois estados apresentaram muitos problemas no dia 5 de outubro.Campos conversou com presidentes de TREs e afirmou que as eleições transcorrem em clima de normalidade. De acordo com ele, foram realizadas duas prisões nesta madrugada por compra de votos em Benedito Leite, cidade do Maranhão que repete o primeiro turno devido a problemas em 5 de outubro. Ele não tem informações ainda sobre as prisões pela manhã. Um balanço com as prisões em todo o país deve ser divulgado no início da tarde pelo TSE.

Fonte:globo.com

Garotinho já votou

A informação é do amigo, jornalista e blogueiro Ricardo André. O ex-governador Garotinho votou agora há pouco no Ciep da Lapa e esbanja confiança na vitória de sua esposa. Pode conferir aqui no Portal do jornal "O Dia".

O que pode e o que não pode hoje

Permitido
Objetos pessoais: é possível carregar bolsas, garrafas de água, revistas e aparelhos de som pequenos, desde que o volume seja baixo.
Roupas informais: não há regras definidas para o vestuário. Portanto, são liberadas bermudas e chinelos, por exemplo.
Camisetas de candidatos: é permitida, no dia das eleições, a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato. Ele pode usar camisas, bonés, broches ou dísticos ou ter adesivos em veículos particulares. A exceção são os mesários, os servidores da Justiça Eleitoral e os escrutinadores que não podem usar qualquer adereço indicativo de sua preferência política. Os fiscais partidários, nos trabalhos de votação, só podem usar vestes ou crachás com o nome e a sigla do partido político ou coligação que eles pertencem.
Material para auxiliar o analfabeto: é permitido o uso de instrumentos que auxiliem o eleitor analfabeto a votar, mas a Justiça Eleitoral não é obrigada a fornecê-los.
Ajuda de outra pessoa: para votar, o eleitor portador de necessidades especiais poderá contar com o auxílio de pessoa de sua confiança, ainda que não o tenha requerido antecipadamente ao juiz eleitoral.
Justificar o voto mais de uma vez: não há limite do número de vezes que o eleitor justifica sua ausência na votação quando estiver fora de seu domicílio eleitoral. O problema ocorre se ele não vota e não justifica.

Proibido
Levar celular ligado: telefones celulares, equipamento de radiocomunicação ou outro equipamento que possa comprometer o sigilo do voto devem ser mantidos desligados no local de votação.
Votar fora do horário: não será permitido que o eleitor vote após as 17h. A exceção é se o eleitor estiver, neste horário, na fila e receber uma senha do presidente da mesa que garanta a votação. Portanto, não se aconselha deixar para votar na última hora.
Fazer boca-de-urna: é vetada a distribuição de material impresso com nomes de candidatos e partidos no domingo da eleição, além de ser proibida qualquer manifestação coletiva de apoio a candidaturas, como passeatas.
Prisão fora de flagrante: ninguém pode ser preso no dia da eleição, exceto se ocorrer flagrante delito ou se estiver sendo cumprido mandado de prisão devido à sentença criminal por crime inafiançável. A regra vale até terça-feira.

O Estado do Rio tem 30 urnas substituídas em duas horas de eleições

Cerca de duas horas depois do início das eleições, o estado do Rio já teve 30 urnas substituídas. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), do total, 24 são na capital, 5 são de Petrópolis, na Região Serrana e uma foi trocada em Campos, no Norte Fluminense, na zona eleitoral onde a candidata Rosinha Garotinho (PMDB) vota. O número representa, de acordo com o TRE, 0,24% das 12.294 urnas de todo o estado. Em nenhuma das cidades foi necessário utilizar o voto manual. Ainda segundo o órgão, só na capital fluminense há cem fiscais nas ruas, com apoio da Policia Militar, Polícia Federal e Polícia Civil. Fiscais de municípios onde não há 2º turno dão reforço na cidade.

Fonte:G1

Gabeira já votou

Fernando Gabeira, candidato do PV, chegou às 8h20 na fila e foi um dos primeiros a votar na Escola Municipal Pedro Ernesto, na Fonte da Saudade, Zona Sul do Rio. A chegada do candidato causou tumulto no local. Após votar, Gabeira posou para fotógrafos e se disse "confiante no resultado".
“Acho que vai haver uma presença em massa dos eleitores. Essa é uma eleição histórica”, disse o candidato.
Gabeira acredita que o número de abstenções neste segundo turno será menor. Ele também afirmou que deve haver uma migração dos votos nulos.
“Qualquer que seja o resultado, vai ser uma vitória apertada. É como se fosse uma corrida de cavalo, alguém vai ter que botar o pescoço ou, eu como tenho nariz grande, quem sabe não chego na frente?”, disse o candidato, em tom de humor com os jornalistas. Gabeira deixou o local e foi acompanhar o seu vice, Luiz Paulo Corrêa da Rocha, a votar no Engenho de Dentro, subúrbio do Rio. Em seguida, Gabeira vai andar por bairros da Zona Sul, para acompanhar a votação.
Fonte:G1

O RIO DE GABEIRA!!!!!!!!!!!!!!!!!

sábado, 25 de outubro de 2008

Assim alguns de nós estaremos daqui a pouco....

Debate no Rio

Peço desculpas aos campistas, mas como sabem é no Rio que está o candidato dos meus sonhos: Fernando Gabeira. Como não posso votar lá, e sei que alguns amigos da cidade maravilhosa nos visitam neste espaço, faço do meu blog um espaço pró-Gabeira. Sem constrangimentos, sem subir em cima do muro....
Sendo assim, eis o texto da jornalista Lucia Hippolito sobre o último debate entre os candidatos a prefeito do Rio de Janeiro.

"O último debate entre Fernando Gabeira e Eduardo Paes explicitou com toda a clareza o difícil dilema em que se encontra o eleitor carioca.
Não se trata de escolher entre dois candidatos, dois projetos, duas propostas.
Trata-se e escolher entre dois mundos diferentes.
De um lado, um competente candidato a gerente de uma grande loja de departamentos. Superintendente, talvez. Conhece profundamente o estoque, o preço da grosa de alfinetes, a utilidade de uma boa chave de fenda.
Do outro, alguém que é, em si mesmo um projeto. Uma proposta andante. Um Quixote da boa causa: a honestidade, a correção, o futuro, o sonho, uma nova forma de fazer política, novas práticas, novos métodos.
Um velho-moço contra um moço-velho. Velhíssimo.
No debate ao vivo, Eduardo Paes destilou números, competência, pegadinhas ridículas.
Declarou, depois do debate, que prefere o apoio de Jorge Babu ao apoio de César Maia.
(Jorge Babu, vereador pelo PT, foi preso pela PF junto com Duda Mendonça, coisa de dois anos atrás, em uma briga de galos no Rio. Hoje é acusado de comandar milícias na Zona Oeste.)
Gabeira foi bafejado pela sorte: por sorteio, iniciou e encerrou o debate. Ambos em tom maior, de grandeza. No miolo, foi mediano.
No final, teve seu dó de peito. Foi Gabeira por inteiro. Diferente, ousado, original. Chamou até os adversários para a grande conversação em favor do Rio. Bonito.
Mas o melhor do debate, assistido ao vivo no Rio, foram dois momentos-ternura.
Primeiro momento-ternura: ver Vladimir Palmeira (PT) e Francisco Dornelles (PP) juntinhos no cercadinho dos apoiadores de Eduardo Paes, trocando tapinhas nas costas, é feito a propaganda do Mastercard: não tem preço.
Segundo momento-ternura: Vladimir Palmeira rindo abertamente quando seu velho companheiro de militância, Fernando Gabeira, dava uma estocada em Eduardo Paes, seu recente aliado político.
Vladimir é um soldado do PT. José Dirceu já tentou esmagá-lo várias vezes com seu tacão (embora tenham sido também companheiros de militância estudantil).
Mas com Gabeira, o “namoro” era explícito. Vladimir ria abertamente a cada “saia justa” de Eduardo Paes.
A sopa da vingança, dizia minha avó, toma-se gelada.
O eleitor carioca está diante de uma escolha difícil.
Mas Gabeira mostrou que certos valores não morrem."

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Garotinho apareceu enfim!!!!

Quem diria...aos 45 minutos do segundo tempo, eis que o ex-governador Garotinho apareceu na campanha de sua esposa na propaganda eleitoral.
Tomei um susto!!!!! Mas ele apareceu agora no último programa.

Deu a louca no blog

Tentei inserir um vídeo do youtube hoje à tarde e depois disso o blog ficou meio desconfigurado. Peço desculpas aos amigos que aqui passam. As dicas de blogs, contatos e tudo mais que ficava aí ao lado direito do monitor agora estão lá embaixo.
Já tentei de tudo, mas não consegui fazer voltar ao normal....

Responda rápido:

Quem você viu mais nesta maravilhosa campanha eleitoral que está terminando?? O ex-governador Anthony Garotinho ou o ainda prefeito de Campos, Alexandre Mocaiber???
Nenhum comentário: Links para esta postagem

Muitas especulações e nenhuma definição...

Até domingo escutaremos pelas ruas e leremos nos diversos blogs da cidade, as mais estapafúrdias teses sobre o que acontecerá com os votos de Arnaldo Vianna. O auge deve ser no debate da InterTv esta noite. Garotinho, ou melhor, Rosinha com certeza vai usar o julgamento do TRE para reforçar a idéia de que Arnaldo está impugnado. E na minha modesta opinião, acho que ela terá sucesso na empreitada. Na verdade a eleição já estava muito difícil para Arnaldo e com essa decisão, não vislumbro a possibilidade de uma virada.
Estou mais do que nunca na contagem regressiva para que isso tudo acabe....

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Complicou para Arnaldo...

Como todo mundo já previa o TRE manteve o indeferimento do registro de Arnaldo Vianna (PDT). Mais um problemão para a campanha do pedetista. Não será com o meu voto, mas tudo indica que Garotinho está voltando....

Vivo fora do ar...

Muitos usuários da "VIVO" estaão incomunicáveis desde o começo da tarde de hoje Não só aqui. Em Cabo Frio, por exemplo, ocorre o mesmo problema. Eu por exemplo, tive um compromisso profissional totalmente prejudicado.
Com a palavra, a "Vivo"....

Lições de uma tragédia

Já li e vi muitas coisas sobre a tragédia de Santo André. Há alguns dias quero escrever sobre o assunto, mas preferi dar um tempinho. Não quero entrar nesse clima pesado que se formou. Nesses momentos boa parte da imprensa tenta "tirar uma casquinha" dessa situação. E isso é que mais me irrita. É a famosa guerra pela audiência. E aí o que vemos é o desprezo por pessoas, sentimentos, situações...o que vale é a exclusividade por uma matéria, uma entrevista... Cheguei num ponto que não tenho mais saco para aguentar e participar deste deprimente espetáculo!!!
Na minha opinião, outras coisas devem ser ressaltadas. Acho que a melhor lição que ficou deste triste episódio foi a doação dos órgãos da jovem Eloá. Ainda na terça, no já mencionado programa "Profissão Repórter", pudemos testemunhar o quanto é doloroso e difícil este processo. Não é qualquer família que tem a sensibilidade para uma atitude dessas!! Ainda mais depois de todo o circo montado pela mídia!! Outras 7 vidas foram favorecidas....e isso não é pouca coisa!!!! Imaginem a gratidão que essas pessoas e seus familiares e amigos terão com essa família pelo resto da vida!!!!
Só que nesses momentos, não consigo deixar de pensar nas mães de todos os envolvidos. Sei que a Eloá, sua amiga Nayara estão recebendo orações e mensagens de solidariedade de todos os lados.Mas e a família do jovem Lindenberg??? E ele??? Sabemos muito bem que ele errou. Quando falei das mães, é porque tenho por elas uma relação de profunda admiração e amor. Já presenciei momentos em que filhos eram execrados ou criticados por algum motivo, mas elas nunca os abandonaram. Mesmo não concordando com suas atitudes se mantiveram sempre ali. Junto deles. E nesse caso de Santo André, é nítido que as vibrações de ódio e vingança ficam no ar. E acabam chegando em pessoas que também estão sofrendo demais. Não sou daqueles que concordam com a tese que vale tudo por amor. É tão fácil julgar, criticar, apedrejar... Estar junto numa hora dessas que é difícil...
Mas coloquemo-nos por um momento no lugar do Lindenberg. No lugar de sua mãe. Pararam para imaginar??
Que a Justiça cumpra sim o seu papel. Mas espero sinceramente que neste momento de dor, desespero, vergonha e desprezo, algumas pessoas possam transmitir de alguma maneira, um pouquinho de amor, carinho e aconchego para os corações dessa família.

Mulher traída receberá indenização de R$ 53,9 mil

O juiz da Terceira Vara da Família de Campo Grande (MS), Luiz Cláudio Bonassini da Silva, determinou o pagamento de uma indenização de R$ 53.950 por danos morais a uma mulher que afirma que foi traída durante o casamento. Para a Justiça, a mulher passou por "sofrimento e humilhação" devido a uma relação extraconjugal do marido. A decisão saiu no início deste mês. Cabe recurso.
De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do estado, o casamento aconteceu em março de 1975 e o casal teve dois filhos. Mas a mulher começou a investigar o marido depois de notar um "comportamento estranho". Ela descobriu que ele tinha "casos extraconjugais" e, em um desses relacionamentos, teve uma filha que hoje tem 24 anos. No processo, o marido disse que a mulher já sabia da existência da filha que aceitou a situação.

O juiz, entretanto, considerou que "o fator determinante para a ruptura do casamento foi a descoberta de que o requerido tinha concebido uma filha fora do matrimônio, o que caracteriza adultério, injúria grave e conduta desonrosa".

Ainda de acordo com o TJ, um laudo psicológico mostrou que a mulher passou por tratamento por apresentar angústia, ansiedade e negativismo, o que seria "uma depressão reativa à decepção e desgostos que vivenciou na relação conjugal".

Fonte: G1

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Veríssimo para descontrair...


Para sair um pouco da mesmice política, um texto de Luis Fernando Veríssimo sobre dois assuntos que curto muito. Abaixo:


"SEXO E FUTEBOL

No que se parecem: o sexo e o futebol?
No futebol, como no sexo, as pessoas suam ao mesmo tempo, avançam e recuam, quase sempre vão pelo meio, mas também caem para um lado ou para o outro, e às vezes há um deslocamento. Nos dois é importantíssimo ter jogo de cintura.
No sexo, como no futebol, muitas vezes acontece um cotovelaço no olho sem querer, ou um desentendimento que acaba em expulsão. Aí um vai para o chuveiro mais cedo.
Dizem que a única diferença entre uma festa de amasso e a cobrança de um escanteio é que na grande área não tem música, porque o agarramento é o mesmo, e no escanteio também tem gente que fica quase sem roupa.
Também dizem que uma das diferenças entre o futebol e o sexo é a diferença entre camiseta e camisinha. Mas a camisinha, como a camiseta, não distingue, ela tanto pode vestir um craque como um medíocre.
No sexo, como no futebol, você amacia no peito, bota no chão, cadencia, e tem que ter uma explicação pronta na saída para o caso de não dar certo.
No futebol, como no sexo, tem gente que se benze antes de entrar e sempre sai ofegante.
No sexo, como no futebol, tem o feijão com arroz, mas também tem o requintado, a firula e o lance de efeito. E, claro o lençol.
No sexo também tem gente que vai direto no calcanhar.E tanto no sexo quanto no futebol o som que mais se ouve é aquele “uuu”.No fim sexo e futebol só são diferentes, mesmo, em duas coisas. No futebol não pode usar as mãos. E o sexo, graças a Deus, não é organizado pela CBF."

Quanta diferença!!!


Estou tendo a oportunidade de ver a propaganda eleitoral do Rio pela TV Alerj, canal 10 para quem tem Via Cabo. Na verdade só vejo a de Gabeira. A cada dia que passa lamento mais não poder votar lá e nem participar mais ativamente de sua campanha. Sua propaganda na TV é baseada nas propostas, sem ataques pessoais e baixarias. Ou seja: totalmente diferente do que vemos aqui. Além do mais, há muito não se tem notícia de pessoas oferecendo-se para trabalhar como voluntárias numa eleição!! Um verdadeiro fenômeno!!! Lembra as antigas campanhas de Lula....Na última semana, muitos das 8.000 pessoas que se alistaram como voluntários foram doar sangue no Hemocentro do Rio. Independente do resultado, o Rio pôde respirar nessa campanha um clima diferente!!! Pena que a candidatura do PMDB, talvez desesperada pela "onda verde", nos últimos dias tenha cometido tantas atitudes impensadas e preconceituosas!!

Uma outra coisa que chama muito a atenção é a trilha sonora utilizada na campanha. Além do jingle " O Rio de Gabeira", que é maravilhoso, muitos artistas cederam músicas para a campanha. No blog do jornalista Ricardo Noblat, ele cita algumas das músicas utilizadas. Que seleção maravilhosa!!! Confira:

"Se não ganhar a eleição para prefeito do Rio de Janeiro, certamente Gabeira ganhará o "Disco de Ouro". Campanha alguma no país apresentou programação musical de melhor qualidade.
Seguem as 13 músicas cedidas por seus autores ou seus representantes para uso no programa de Gabeira. A 14a. é o jingle de campanha "O Rio de Gabeira"."
1. Como uma onda - Lulu Santos
2. Rio 40 graus - Fernanda Abreu
3. Tudo Vale a pena - Pedro Luis
4. Vem chegando o verão - Marina Lima
5. Alagados - Paralamas
6. Eu quero ir pra rua - Paula Toller
7. Oito anos - Paula Toller
8. Cariocas - Adriana Calcanhoto
9. Saúde - Rita Lee
10. Cidade Maravilhosa - Caetano Veloso
11.Amanhã - Caetano Veloso
12. Delírio dos Mortais - Djavan
13. Samba do Avião - Tom Jobim
14. O Rio de Gabeira

Profissão Repórter

No meio de tanta porcaria na TV aberta, o programa "Profissão Repórter" na Globo se consolida cada vez mais como uma das melhores opções da atualidade. O programa recém-encerrado falou sobre as dificuldades das pessoas com deficiência visual e mostrou um trabalho feito em Sorocaba que tem ajudado muitas pessoas que vivem esse drama. Além disso, Caco Barcelos e sua competente equipe nos proporcionaram momentos de pura emoção com as crianças numa escola em São Paulo e um atleta/advogado que nos deu uma lição de vida ao não desistir de seus sonhos!!!
Bom demais!!!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

"A falta de uma imprensa decente em Campos e a 'obrigação' dos blogs em passar uma informação ágil e com credibilidade"

Esse é o tema escolhido pela Rede Blog para ser debatido hoje.
Assim como o Vitor Menenes, acho perigoso a generalização. Sem sombra de dúvidas, a imprensa escrita e falada em Campos nos tem dado exemplos vários de como não se deve agir. Acabaram por se transformar em reféns de dois grupos políticos, e com isso uma boa parcela da população encontra nos blogs a esperança da imparcialidade desejada. E fazendo parte do mundo blogueiro local há pouco tempo, acho um pouco exagerado o uso do termo "obrigação". Cada blog tem seu estilo e quem os escreve tem também todo o direito de expressar suas opiniões. Aqui em Campos temos para todos os gostos. Quando resolvi entrar nesse mundo, não imaginava que curtiria tanto. Tenho uma frustração por não ter terminado o curso de jornalismo e com o blog posso compensar um pouco isso.
Os blogs tem se transformado em ferramentas políticas eficazes. Nos EUA, Barack Obama tornou-se mais conhecido por causa dos vários blogs que apoiavam suas idéias. E aqui no Rio de Janeiro, um dos fatores primordiais para o crescimento de Gabeira foi a mobilização da blogosfera carioca que entendeu que ele pode ser o caminho para dias melhores na capital.
Aqui em Campos, os debates que ocorrem nos blogs são super válidos. Assim como esta idéia de discutirmos um tema todo dia 21. Já tivemos mobilizações bem bacanas como o "Chega de Palhaçada" e possivelmente outras virão.
Só acho que as pessoas devem tomar cuidado também com tudo que se lê na blogosfera. Não só com os textos dos blogueiros, mas também com os comentários que os muitos "anônimos" da cidade escrevem. Aliás....não sabia que Campos era uma cidade tão anônima assim!!!
Por fim, logicamente espera-se uma imprensa menos parcial e politiqueira e mais interessada nos interesses da sociedade. Só acho que infelizmente a mentalidade de muitos ainda não permite isso. Se temos uma imprensa que age desta forma, é porque existe um público que aceita e compra essa idéia. Basta ver as candidaturas do segundo turno....

O que fazer??

Confesso que não vejo a hora dessa eleição acabar. Promessas mentirosas, acusações, baixarias, prisões e tantas outras coisas negativas, que infelizmente só ajudam a piorar o clima já carregado de nossa cidade. Sou mais um a temer que atitudes irracionais aconteçam neste final de campanha. Visitando outros blogs, percebo que alguns dos já famosos "anônimos" estão cada vez mais exaltados. E o pior é constatar que a cidade está dividida entre dois grupos que possivelmente têm muito mais semelhanças do que diferenças. Seja qual for o escolhido, não consigo visualizar uma melhora nessa situação. Ao decidir-me pelo voto nulo, mais uma vez fui duramente criticado por alguns. Em sua maioria, simpatizantes da candidatura Arnaldo, já que é explícita a vantagem da candidata do Garotinho. Inclusive, há cerca de 2 semanas, passando por uma dessas "blitz", onde pessoas se jogam em cima do seu carro como loucas, perguntei a uma linda jovem simpatizante do 15, se não teria um adesivo de voto nulo. Ela respondeu que não, mas sua fisionomia não escondia sua vibração, e ainda me disse: " Tudo bem!!! Vote nulo mesmo!!! Está ótimo!!". Ali decidi que não poderia dar meu voto de "bandeja" para uma ex-governadora que pouco fez por Campos e que tratou a Educação com total desprezo.
Porém, os dias passaram e a outra candidatura não me dá motivação nenhuma. Pelo contrário. Além disso, realmente temo repetir a experiência de votar no "menos pior". Trauma de Mocaiber.
E assim, vou torcendo para que segunda-feira chegue logo. Quem sabe passar o domingo em Grussaí e tentar esquecer que neste dia tem eleição por aqui? Ou tomar um calmante forte no sábado à noite e só acordar depois das 5 da tarde do domingo?? Posso também ir para Cabo Frio visitar meu irmão e respirar novos ares....OU melhor: ir para o Rio e acompanhar a vitória de Gabeira??? Acho que é a melhor opção. Pena que meu bolso não deixa.....
Torçam por mim....Até domingo eu decido.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Polêmica sobre o chopp


A polêmica é antiga. E as opiniões são divergentes. E dessa vez parou na Justiça, que decidiu que o colarinho do chopp deve ser considerado parte integrante do produto. A decisão, tomada pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), foi publicada na última semana no Diário Eletrônico da Justiça Federal da Região Sul.Uma empresa de comércio de alimentos de Blumenau (SC) foi multada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), pois a bebida servida pelo estabelecimento incluía a espuma no volume total do produto. Segundo o fiscal do instituto, apenas o líquido poderia ser cobrado, desconsiderando a quantidade de espuma conhecida como “colarinho branco”. A empresa recorreu contra a sentença de 1º grau, que manteve a multa em vigor.

No julgamento no TRF4, a 3ª Turma decidiu, por unanimidade, dar provimento à apelação do restaurante. Para a desembargadora federal Maria Lúcia Luz Leiria, relatora do processo no tribunal, “há um desvio na interpretação efetuada pelo fiscal do Inmetro”. Conforme a magistrada, o chope sem colarinho não é chopp. Ela considerou ainda que “o colarinho integra a própria bebida” e é o produto na forma de espuma, em função do processo de pressão a que é submetido.

Nesse assunto eu sou radical!!! Chopp pra mim só com colarinho!!!!

Do Blog Fotos, Fatos e Afins...


Meu amigo Guga, também conhecido como Gustavo Rangel, mais uma vez arrebentou em mais uma famosa "mensagem subliminar" que rola no seu blog :http://fotosfatoseafins.blogspot.com/.

Sobre o debate de ontem, a foto ao lado.....


Parabéns Guga!!!!!

TRT-RJ abre inscrição para 41 vagas de juiz substituto: R$ 19,9 mil

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (Rio de Janeiro) abriu inscrições nesta segunda-feira (20) para 41 vagas de juiz do trabalho substituto. O salário previsto é de R$ 19.955,40 ( veja aqui o edital ).

O candidato deve ter graduação em direito e três anos de atividade jurídica comprovados.
As inscrições poderão ser feitas até o dia 21 de novembro, no endereço eletrônico www.institutocidades.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 100.A Divisão de Recrutamento e Avaliação, do TRT-RJ, localizada na Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 251 - 3º andar - sala 6, na cidade do Rio de Janeiro, estará à disposição dos interessados para dar mais informações. A seleção, que será organizada pelo Instituto Cidades, terá prova objetiva, discursiva, prática, oral e de títulos. A objetiva e discursiva serão aplicadas nos dias 6 e 7 de dezembro.

Fonte: G1

Gabeira

"Se eu tivesse que comparar o Gabeira a qualquer “ser” ou personagem teatral da História dramatúrgica, sinceramente? Não conseguiria. Não existem paralelos. Esse homem é um ser iluminado, em todos os sentidos. Já foi taxado disso edaquilo pela direita, pela esquerda, por cima, por baixo, já foi chamadode viado, de cachorro, de tudo: no entanto está de pé, assim como a cultura cigana.“Bury me Standing” de Isabel Fonseca, escritora Americana, (acho que ainda) casada com o autor inglês Martin Amis… enfim, “Bury mestanding”vem de me enterrem de pé!, um velho comando, ou dizer, ou expressão usada pelos nômades que, de tempos em tempos, sofrem um holocaustozinho em diversos paises.Pela lógica, Fernando Gabeira jamais poderia estar onde está agora, ous eja, vencendo e glorioso. Já o odiaram por ter voltado do exílio usando uma sunga mínima (um insulto pra esquerda), já o insultaram por querer se“intrometer” a defender causas que não lhe diziam respeito, como os negros e os homosexuais. Talvez, seguindo essa mesma lógica, talvez o Gabeira seja a única e REAL ponte que cubra esse “canyon” ridículo que ainda insiste em dividir pessoas entre direita e esquerda. Gabeira parece aquele que já atravessou o Checkpoint Charlie da (ex) Alemanha Oriental para a Ocidental com um sorriso na cara como se quizesse dizer: GENTE IMBECIL! Criando MUROS! Criando MURALHAS! Criando barreiras! O Gabeira que eu conheço pessoalmente há… há (ufa! 30 e poucos anos) sempre foi um LIBERTADOR!.Mas vejam só que engraçado: certa vez, como correspondente da Folha em Berlim, ainda casado com a Yame, Gabeira vem para cobrir uma ópera que eu estava dirigindo em Stuttgart (Perseo e Andrômeda – John Neshling fez a crítica para o mesmo jornal – 1990). Pegou o trem, era inverno, tudo atrasou, chegou afobado… pediu uma tomada para plugar o computador.Naquela época não era internet ainda. Mandava-se matéria para uma central,sei lá como…Mandou a coluna. Jantamos. Pegou o trem de volta para Berlim. Anos antes disso: nos encontrávamos com muitíssima freqüência num restaurante macrobiótico no Leblon. Mastigávamos e mastigávamos e mastigávamos… Ruminávamos e ficávamos nos perguntando por que diabos um restaurante macro (um sobrado) ficava justamente em cima de um açougue!!!!!Anos antes disso: Gabeira no exílio e eu sentado em Londres na sede da Amnesty International. Ele já não querendo muito contato com o“Que éIsso, Companheiro?”E assim que o filme foi lançado, nos cruzávamos e, ambos de bico calado. A Nanda fez o filme, acompanhei de perto a tragédia filmada de um livro tão legal.Fui em sua casa certa vez na Lagoa. Depois se mudou pro Bairro Peixoto, gravei uma entrevista. E tivemos um ÓTIMO debate sobre terrorismo,log oassim que voltei de NY após os ataques de 11 de setembro.O Rio não pode AFFORD NOT TO, não pode se dar ao LUXO DE NÃO TER o Gabeira, sendo o Rio o que ele é.E por quê? Porque um é a cara do outro! Se você tenta pegar o Gabeira com ecologia ele te devolve algo sobre supercondutores. Se você quer falar sobre política ele te responderá alguma coisa na linha da cultura ecléticados pós-semiólogos egípcios. Se você colocá-lo na mira em relaçãoa qualquer assunto ele te devolve dez sobre os quais você simplesmente nada sabe ou sabe pouco.E essa é justamente a natureza do carioca: a do samba, a do segundo surdo que entrecorta o samba e cria aquele falso desequilíbrio que faz com que aavenida inteira se sinta na ponta do pé e dance a noite inteira e rebole sem saber como está rebolando.Ah… você está pensando… Farra? Não senhor! Essa é justamente aARTE do equilíbrio de um EXIMIO político com vivência INTERNACIONAL pronto para enfrentar uma cidade aos pedaços, mas, nem por isso, menos cosmopolita..E se você pedir um simples abraço ao Fernando, ele vai abraçar a Lagoa inteira!!!!Gabeira, LOVE as always, Gerald!"

Meu muito obrigado à Lia Teixeira por nos mandar este texto do diretor de teatro Gerald Thomas que está circulando pela internet.

domingo, 19 de outubro de 2008

Triste combate....

Confesso que só vi alguns trechos do debate desta noite. O suficiente para mais uma vez lamentar o momento político em nossa Campos. E vendo os comentários de blogueiros mais experientes e que acompanharam de verdade o programa como Ricardo André, Vitor Menezes e Fábio Siqueira, percebo que a impressão é a mesma: o baixo nível do debate. Ou seria combate??!
Pelo pouco que vi, pareceu-me até que Arnaldo Viana não estava tão perdido como das outras vezes. Também achei que Rosinha não estava tão segura e por vezes titubeava em algumas ocasiões. Antes que digam que achei Arnaldo o vencedor do combate, vou logo avisando: numa situação dessa não há vencedores.
Eu até tentei ver um pouco mais. Porém, a todo o momento eu escutava que "o candidato ou a candidata está faltando com a verdade". E neste ponto concordo com o amigo Ricardo André: ambos tem razão.
Sendo assim, só confirmo minhas impressões e meu voto no próximo domingo.
Voto nulo!!!

sábado, 18 de outubro de 2008

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Rosinha disparou!!!

Com uma diferença considerável de 13 pontos percentuais (49% a 36%), a ex-governadora Rosinha Garotinho consolida-se como favorita disparada na corrida para Prefeitura. Os números do IBOPE foram divulgados há pouco no RJTV. Para quem vive o cotidiano da cidade não há surpresa nenhuma. A estratégia de marketing da candidata surte o efeito desejado. As questões do voto válido e do desejo de mudança aliados a um programa eleitoral muito bem feito e um jingle que fica na cabeça até de quem não vota nela, parecem deixar bem claro que teremos o retorno triunfal de Garotinho a partir de janeiro.

Clarissa Garotinho divulga nota de esclarecimento

Postei aqui hoje a notícia que foi encontrado material de campanha da vereadora eleita pelo Rio, Clarissa Garotinho, juntamente com panfletos altamente ofensivos contra Gabeira. Pois a vereadora, por intermédio do Blog do Garotinho, seu pai, resolveu explicar o que aconteceu:


"Esclarecimento
Fui surpreendida hoje com a notícia veiculada na imprensa, dando conta da apreensão de um kombi com material de campanha de Eduardo Paes, faixas contra Gabeira e também bandeiras da minha campanha. Antes que alguém possa fazer qualquer associação de idéias, de forma equivocada, quero esclarecer a todos que não estou participando de nenhuma das campanhas.Todos sabem, e a imprensa inclusive destacou esse fato durante o 1º turno, que fui a única candidata do PMDB, que não recebia nem a agenda de campanha do candidato Paes, mesmo sendo do mesmo partido.Estou em Campos, junto com meu pai, Garotinho e estamos envolvidos na campanha da minha mãe, Rosinha à prefeitura.Nada tenho contra Gabeira e discordo da campanha baixa que está sendo feita neste momento. Não vou me manifestar no 2º turno, até por causa da lei de fidelidade partidária.Para que não fique nenhuma dúvida, o responsável pela kombi e pelo material que foi apreendido é militante do PMDB, de fato atendendo a um pedido meu, no 1º turno me ajudou e não existe nada além disso. Essa pessoa por ser do PMDB, no 2º turno está colaborando com a campanha de Paes, mas não por minha orientação. É óbvio, que as bandeiras com meu nome que foram encontradas sobraram na minha campanha.Qualquer suposição ou entendimento além disso, não corresponde à verdade e só pode ter a intenção de fazer intriga."


Clarissa Garotinho

Mais panfletos contra Gabeira

A eleição no Rio pega fogo!!! Pesquisas comprovam o equilíbrio. E mais uma vez coisas estranhas acontecem.... Na tarde de ontem, fiscais do Tribunal Regional Eleitoral apreenderam, na Zona Norte do Rio, uma Kombi com cerca de seis mil panfletos contra o candidato a prefeito Fernando Gabeira (PV).
Entre os panfletos havia material apócrifo ou em nome da Associação de Moradores do Morro São José da Pedra, localizada na Zona Oeste.
E havia ainda na Kombi cerca de três mil panfletos de campanha do também candidato a prefeito Eduardo Paes (PMDB), 30 faixas com a inscrição em preto, branco e vermelho "Sou suburbano com muito orgulho" e material de campanha da vereadora eleita Clarissa Garotinho (PMDB).Fiscais do Tribunal Regional Eleitoral apreenderam, ontem à tarde, na Zona Norte do Rio, uma Kombi com cerca de seis mil panfletos contra o candidato a prefeito Fernando Gabeira (PV).
Essa família é danada mesmo!!! Está em todas!!!!!

Outudo Trash no SESC


A partir de hoje no SESC rola a Mostra "Outudo Trash".

Eis algumas das atrações: Exposição de capas de consagrados filmes do gênero, acompanhados de informações, exposição Retratos do Zé, onde artistas da região e expoentes do desenho no país prestam homenagem ao cineasta brasileiro José Mojica Marins, com desenhos em diversas técnicas e estilos, de seu personagem Zé do Caixão, intervenções literárias Lendas urbanas interpretadas pela atriz e contadora de histórias Iara Lima.

Mais informações pelo blog da mostra: http://www.outudotrash2008.blogspot.com/

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Justiça dos EUA arquiva processo contra Deus

Você se lembra quando um senador americano, de nome Ernie Chambers decidiu processar Deus??? Se você não sabe, isso aconteceu. E nesta quarta, dia 15, a Justiça de Nebraska, nos Estados Unidos, decidiu arquivar o processo que o senador movia contra Deus. O juiz Marlon Polk, da corte distrital do condado de Douglas, disse que como o senador não informou no processo o endereço do réu, a Justiça não teria como notificar Deus. No processo, Chambers acusa Deus de gerar medo e de ser responsável por milhões de mortes e destruições pelo mundo. Segundo ele, Deus gerou “inundações, furacões horríveis e terríveis tornados”. Chambers comentou que Deus fez ameaças terroristas contra ele e seus eleitores. Conforme o senador, ele abriu o processo em Douglas porque Deus está em todos as partes. "Como a corte não tem condições de notificar Deus, é preciso arquivar o processo", afirmou o juiz Marlon Polk em sua decisão. Apesar de significar inicialmente uma "derrota", o senador encarou positivamente a decisão. "A corte reconheceu, desta forma, a existência de Deus", afirmou. "Desta forma, uma das conseqüências de reconhecer Deus é admitir sua onisciência. E, se Deus sabe tudo, Deus foi automaticamente notificado deste processo", completou. Chambers tem agora 30 dias para decidir se vai ou não recorrer do arquivamento do processo.

Ai ai....E ainda sacaneiam os portugueses......


Fonte : globo.com

Parabéns professor!!!

Hoje é dia do professor e gostaria apenas de deixar um abraço e agradecer a tantos que passaram pela minha vida. Homenagearei três: Totonho, professor de História, que me deu aula no Colégio Estadual Miguel Couto em Cabo Frio, Luis Jorge, inesquecível mestre de vida e de Processo Civil na faculdade e minha mãe Alcione que até hoje tenta me passar lições. Quem sabe um dia eu aprenda....

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Caetano Veloso e Paula Toller pedem votos para Gabeira em seus blogs

Os cantores Caetano Veloso e Paula Toller lançaram apoio ao candidato à Prefeitura do Rio, Fernando Gabeira (PV), em seus blogs. Nas páginas, eles pedem votos ao candidato verde e mostram vídeos e textos com declarações particulares. Eleitor da cidade, Caetano chegou a apelidar Gabeira de "rei do Rio" e cobrou entusiasmo aos moradores para deixar a "onda verde crescer"."Gabeira vai ser o rei do Rio. Vocês vão ver. Rei do Rio é uma expressão boa por ser livre do medo de tendências absolutistas ou totalitárias. É uma piada boa e benigna. Vamos redobrar o entusiasmo e deixar a onda crescer. Gabeira é uma onda boa. O Rio está tendo coragem de olhar para si mesmo", disse o cantor em seu blog.Caetano ainda diz não ter nada contra o adversário Eduardo Paes (PMDB): "mas Gabeira é muito mais coerente. Tudo o que ele fez de admirável - respeito aos concorrentes, limpeza na campanha de rua, desprezo pelos santinhos - vai ganhar cada vez mais significado". O cantor e compositor, que também aparece diariamente no programa eleitoral de Gabeira cantando "Cidade Maravilhosa", repetiu freneticamente o nome do candidato verde em seus textos do blog e garantiu que nunca participou da "onda" de desqualificação da dimensão política. "Sempre tenho interesse em política e sempre me posiciono de modo claro". A cantora Paula Toller postou em seu blog um link com vídeos de Gabeira. Em um videoclipe, ela aparece cantando um repertório próprio para o candidato. "Eu e você queremos o melhor para nossa cidade, certo? Ele é o cara", pontuou no final do clipe.

Blog do Caetano:http://www.obraemprogresso.com.br/
Blog de Paulinha Toller: http://www.paulatoller.com/blog
Fonte :UOL

Garotinho na TV!!

Calma amigos!!! Não se assustem!!! Ele ainda não está participando da campanha de sua esposa no horário eleitoral. Acho até que nem o fará. Mas quem estiver com saudades, pode vê-lo no programa "Palavra de Paz", que passa na Band por volta às 13:30, 14 h.....Hoje consegui por 7 segundos acompanhá-lo.
E devo confessar que estou achando bom sua ausência na campanha. Campos já vive um ambiente meio pesado. Não precisamos de mais nada para acirrar os ânimos.

Jornal elege Seleção de 1982 como "melhor perdedora"


O dia 5 de julho de 1982 vai ficar para sempre marcado na minha memória. E acho também na memória de muitos admiradores do esporte bretão.

Eu tinha 10 anos, e pela primeira vez iria acompanhar uma Copa do Mundo de maneira consciente, e ao mesmo tempo apaixonada. O tempo era de comprar chicletes "Ping-Pong" e colecionar o álbum com os craques daquela que é na minha opinião até hoje, a melhor Copa que já assisti. E a pior, ao mesmo tempo.....Sou contraditório assim mesmo. Mas para um moleque apaixonado por futebol, era maravilhoso ter a chance de ver craques como Sócrates (meu ídolo na época), Zico, Falcão, Júnior, Leandro jogando juntos com a "amarelinha" comandados por Mestre Telê Santana. Ao mesmo tempo tínhamos em outros times, Rumennige, Michel Platini, Tigana, Maradona.....e um tal de Paolo Rossi....
O local era o acanhado estádio Sarriá, em Barcelona. O cenário, a Copa do Mundo de 82 da Espanha, na qual uma certa seleção "canarinho" encantava o mundo com seus craques.
Verdadeiras demonstrações de um futebol bonito e vistoso, buscando sempre a vitória. Neste dia, o mundo do futebol iria assistir a queda de um time julgado imbatível, mas que não resistiu a um só homem. Paolo Rossi. E pela primeira vez chorei por causa de futebol. Até hoje não esqueço.

Estou falando tudo isso porque o jornal britânico The Guardian elegeu os seis maiores derrotados da história. A idéia foi prestar um "tributo para aqueles que voltaram para a casa de mãos vazias, mas deixaram suas marcas na memória". Nem vou falar dos outros cinco. A questão é que a Seleção que disputou a Copa de 1982 aparece na primeira colocação do ranking. A publicação relembra lances protagonizados pela equipe e cita jogadores como Sócrates, Zico e Falcão. Segundo o Guardian, se o time de Telê Santana não tivesse caído diante da Itália e fosse campeão, seria lembrado como "superior ao Brasil de 1970".

Não sei se aconteceria isso mesmo. O "se" é sempre complicado. No futebol, nem se fala....Mas uma coisa é certa: O futebol-arte começou a morrer naquele dia. E o futebol pragmático e de resultado ganhou forças!!
Nunca mais tive a mesma empolgação para ver uma Copa do Mundo. O Estádio Sarriá, talvez por maldição dos deuses do futebol, não existe mais. Foi demolido em 1997. Não vi Pelé, Garrincha, Rivelino....Mas me orgulho de ter visto uma geração que, se não ganhou, até hoje é reverenciada pelos que amam futebol. Eu sou um deles.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Baixou o nível da campanha....no Rio

Os últimos dias me fizeram refletir. Com os dois candidatos que sobraram aqui, acho que não vale a pena ficar comentando muitas coisas. Os ânimos estão bem acirrados, e o temor que a coisa saia do controle é cada vez maior. Algumas pessoas que não tem nome, os famosos "anônimos" estão um pouco nervosos. Portanto, vou falar mais de uma candidatura que me enche os olhos. A de Fernando Gabeira, candidato a prefeito do Rio.
Hoje mais uma vez vi seu programa eleitoral pela TV e me emocionei. E mais uma vez fico triste por não votar no Rio. Como sei que amigos de lá visitam este blog, quero lamentar que o segundo turno tenha começado da pior maneira possível. Se Gabeira já fora vítima de panfletos apócrifos e muitos boatos no primeiro turno, a situação já é bem mais grave agora. No sábado houve uma agressão de peemedebistas a um militante do PV. Manifestações preconceituosas se espalham pela cidade. E hoje, os blogs dos jornalistas Ricardo Noblat e Lucia Hippólito divulgaram mais um fato grave. Trata-se de um e-mail enviado para a Rádio CBN, por um eleitor de Gabeira, que logicamente foi preservado e não teve seu nome revelado:

" Baixaria à vista no horizonte do 2º turno do Rio.
Se minhas convicções políticas me deixam pouco à vontade para votar em Gabeira, sua trajetória política o credencia sim, a receber meu voto. Sempre votei na esquerda (conceito antigo), e pretendo continuar assim. Ocorre que, como tantos outros eleitores do PT, eu decidi votar em Gabeira, e gostaria de relatar fatos que, independentemente da visão política de cada um, não colaboram em nada para o bom debate sobre as melhores propostas para a nossa cidade. Moro no Méier, e fiquei estarrecido ao ver ontem, na área de lazer que fica na principal rua do bairro, um carro de som do vereador reeleito, Sebastião Ferraz (S. Ferraz), com faixas alusivas ao orgulho de ser suburbano. Espalhados no meio do povo, cabos eleitorais (alguns mais que embriagados), vestiam camisas com as cores do PMDB, e a frase que pedia respeito ao subúrbio. Nos bares, outros cabos, bebiam e discutiam política (????), ofendendo o Deputado Gabeira no famoso binômio “sexualidade e posição em relação à maconha”. Estão colocando maconha, cocaína, crack no mesmo saco. No Maracanã, fui ver a lamentável atuação do meu time diante do Atlético, e o chão do entorno do estádio estava repleto de panfletos apócrifos na cor vermelha (pra colar no PT) e o logotipo do O GLOBO (pra tentar dar um caráter oficial) com a frase (infeliz, convenhamos) de Gabeira sobre a vereadora Lucinha.
Entre os distribuidores dos panfletos, Marcelo Tijollo, candidato derrotado à Câmara de Vereadores, integrante de uma violenta torcida organizada do Flamengo e filiado ao PT do B, mesmo partido de Carminha Jerominho, que dispensa comentários. Pela lógica, Carminha Jerominho apóia Eduardo Paes. Qual o desfecho disso? Como Paes é apoiado por Lula, também deve desconhecer tudo.... Por que a imprensa não divulga episódios como esses? Sinceramente, para quem quer inaugurar um novo ciclo para a nossa cidade, Paes utiliza métodos arcaicos e ultrapassados, que podem acabar virando contra sua própria candidatura. Por favor, mais do que ao cargo de Prefeito, lutemos por uma campanha de alto nível. O Rio merece. A propósito. Na minha opinião, Gabeira sentiu o golpe. Sua atuação no debate não foi boa. Perdoe-me a pretensão de querer analisar algo. Sou apenas um eleitor indignado, além de um ouvinte e leitor assíduo
".

Eis o comentário de Lucia Hippólito:
"Que tal?
A patrulha da lama, presente em todas as eleições, entrou firme no segundo turno do Rio de Janeiro. Como também em São Paulo, aliás.
Papelão! Se o candidato Eduardo Paes continuar fazendo cara de paisagem e fingindo que não tem nada a ver com esta lama, pode até vencer a eleição, mas entrará para a Prefeitura do Rio pela porta dos fundos.
Pena, porque é tão moço. E já ligado ao que há de mais arcaico, corrompido e carcomido nas práticas políticas. Indigno de um político do século XXI.
Indigno do Rio de Janeiro. A cidade merecia uma campanha com mais grandeza."

Separação de bens levada ao pé da letra.


O fato aconteceu no vilarejo de Kamchay Mea,no Camboja. Um casal resolveu se separar depois de 40 anos juntos, dividindo o mesmo teto. Como não houve acordo sobre o único bem em comum, a casa de madeira onde residiam, optaram por uma solução drástica e inusitada: parti-la ao meio! E foi o que fizeram, para espanto dos vizinhos na região rural do país asiático.
O pedido de separação partiu do homem, de acordo com a polícia local. Magoado com o descaso da esposa, que não lhe prestara muitos cuidados quando ele ficara doente recentemente, o cambojano chamou amigos, afiou o machado e partiu a casa ao meio. Os filhos e os animais foram poupados e continuaram inteiros.
A mulher ficou com metade que permaneceu no local onde o casal vivera por quatro décadas. A outra metade, o homem levou para remontar em um terreno não muito distante, informou o jornal "Phnom Penh Post".
Mas a Justiça avisa: apesar da inusitada separação física, os dois ainda estão legalmente casados!

Se a moda pega.....


Informação obtida no site Page not found

UJS apóia Rosinha

NOTA OFICIAL

A União da Juventude Socialista (UJS) vêm por meio desta ratificar publicamente a posição consensual e unânime – aprovada pela direção municipal, legalmente amparada por nosso estatuto - em apoiar a candidata Rosinha no segundo turno das eleições em Campos.A UJS reafirma seu apoio à candidata Rosinha por entender que não deve se abster na atual conjuntura política de Campos. Esse é um momento político importante e decisivo, onde a apatia política e/ou a abstenção não contribui para colocar nossa cidade no rumo do desenvolvimento.É verdade que a União da Juventude Socialista (UJS), por meio de seus dirigentes e quadros, apoiou à candidata Professora Odete no primeiro turno das eleições, participando ativamente de sua campanha e coordenando as ações políticas na área da juventude. É verdade, também, que a UJS optou por apoiar Rosinha no segundo turno, por acreditar que esta candidata é a única no atual cenário político que representa o projeto mudancista na qual defendemos no primeiro turno das eleições.É verdade que membros da UJS ligados organicamente ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que inclusive são membros da referida direção partidária, seguirão a deliberação aprovada por nossa organização de apoiar a candidata Rosinha no segundo turno.É verdade que Marcos Vinícius Tavares é fundador da UJS no município e foi eleito presidente de honra da nossa organização durante o 3º Congresso Municipal da UJS, realizado no último mês de junho. É um importante quadro político, que sempre esteve presente nas grandes batalhas de nossa organização, como na luta contra o fim do passe-livre e nas vitórias conquistadas no movimento estudantil.Ressaltamos, ainda, que Rosinha foi a única candidata a se comprometer com as reivindicações da UJS e de toda a juventude campista, como a garantia do passe-livre, a fiscalização da lei da meia-entrada, a criação de uma política de primeiro emprego, a implantação de um programa de estágio remunerado para universitários, a moralização e democratização do programa de bolsas universitárias, entre outras.Por fim, declaramos que defenderemos a nossa posição política com convicção, firmeza e com a mesma coragem que nos fez derrotar a ditadura militar e derrubar o Collor, com a mesma coragem que nos faz ser a juventude cara-pintada que esteve presente em todos os momentos decisivos no Brasil.Saudações a quem tem coragem!
André Lacerda-Presidente Municipal - UJS Campos

domingo, 12 de outubro de 2008

PC do B desmente declarações de Rosinha

"O PC do B de Campos e a sua candidata a Prefeita, Professora Odete, vem através desta nota desmentir e repudiar as notícias veiculadas, ontem(11/10) na televisão e hoje (12/10) no jornal "O Diário", nas quais a candidata Rosinha Garotinho afirma "ter o apoio da juventude do PCdoB".A professora Odete e o PCdoB municipal de Campos, como também o PCdoB estadual, NÃO APOIAM nenhum dos atuais participantes do segundo turno, conforme decisão por unanimidade, tanto da sua direção municipal, como da coordenação da campanha da professora Odete, com o total apoio da Direção Estadual e de toda a militância envolvida na campanha. Decisão esta amplamente divulgada pelos meios de comunicação na última sexta feira (10/10).O auto-intitulado representante da "juventude do PCdoB", Marcos Vinicius Rodrigues, na verdade não é representante desta, não é militante do PC do B, nem sequer participou da campanha da professora Odete, ao contrário do que foi publicado, no jornal "O Diário", sem sequer este jornal ter cumprido a norma jornalística de ouvir a parte do PCdoB. Nem este cidadão, nem ninguém, tem respaldo ou autorização para falar em nome da Professora Odete, do PC do B ou de "sua juventude" para declarar apoio a qualquer outro candidato. Cabendo medidas judiciais por parte do PC do B contra quem assim de má fé proceder. A candidata Rosinha Garotinho, com esta atitude confunde e ilude o eleitorado de Campos, buscando artificializar um apoio QUE NÃO TEM, nem da professora Odete, nem do PCdoB, nem "da sua juventude". ALERTAMOS à população de Campos para que não se deixe enganar com falsas declarações. O povo de Campos está cansado de MENTIRAS.
Campos dos Goytacazes, 12 de outubro de 2008"

Um brinde à amizade verdadeira!!




Tudo começou com o o celular tocando quando eu tentava dormir. Acordei de madrugada com a expectativa de saber por andava meu sobrinho. Mas passava um pouquinho das 10 da manhã e vi que meu amigo-irmão Gugu ligava....Sem pestanejar, fiz o convite para beber uma cervejinha aqui em casa...ele fez o "jogo duro" de sempre, mas apareceu....e quando pude perceber, cerca de uma hora e meia depois, meus 4 grandes amigos aqui estavam!!! Portanto, fico feliz pra caramba em poder falar de coisas boas e de pessoas que amo de verdade....já tive essa chance mais cedo ao falar da molecada que faz parte da minha vida, e agora aqui estou novamente para agradecer...
Não sei o tempo que não nos reuníamos desta forma. E que bom que hoje tivemos esta chance!!!
Quem me conhece um pouco, sabe bem o quanto valorizo e amo meus amigos....já que sem eles seria tudo mais complicado!!! E hoje que é cada vez mais raro uma reunião assim ,cada segundo é valorizado......Caraca!! Impressionante como é muito melhor escrever sobre isso do que sobre essa política conturbada que assola essa terra!!!!!!!!!!!!!!
Pra você que agora lê essas mal traçadas linhas, ligue para seu melhor amigo....ou mande um e-mail.......sei lá!!! Mas deixe bem claro para ele o quanto é importante para você!!! Quem tem amigos de verdade vai saber do que estou falando....E aos meus amigos-irmãos e irmãos-amigos, meu muito obrigado..........sempre!!!!!!!!!!!!!


Blogosfera no "Monitor"

Muito bacana a matéria sobre a blogosfera em nossa cidade, publicada hoje no Monitor Campista. Quem quiser ler a íntegra do texto do jornalista João Ventura, é só clicar aqui.
Aproveito a oportunidade para parabenizar com alguns dias de atraso, o Prof. Roberto Moraes pelo espetacular número de 1 milhão de acessos no seu blog!!!!
E deixo para reflexão de alguns, a avaliação do jornalista Ricardo André na matéria do Monitor: “Com essa velocidade com que as coisas acontecem, quem acompanha os blogs não tem uma surpresa com os jornais no dia seguinte. Os blogs não têm um norte comum. Cada um tem um estilo, cada um tem um formato, não há um definido. Qualquer um cidadão agora pode acessar as fontes primárias de informação. Os blogs são um viva à democracia da informação, são uma vacina contra a arrogância da mídia”

Feliz dia das crianças!!!!

Que saudades tenho da minha infância!! Peladas na rua, pescarias em Cabo Frio, campeonatos de botão...Quando eu era criança o que mais queria era virar adulto. E uma das lembranças mais fortes que tenho era minha vontade de ter barba...
Já há algum tempo odeio ter que fazer a barba!! Mas tenho as melhores lembranças daquele tempo. A casa cheia, Léo e Adriana em nossas vidas, primos-irmãos sempre presentes, família sempre reunida....Tempo bom que não volta!!
Sendo hoje o dia das crianças é impossível não me lembrar dessas coisas. Alguns anos se passaram e já adulto, passei a conviver com outras crianças. Primeiramente Diogo e Mateus em Cabo Frio. Até hoje quando quero saber deles, sempre pergunto: " E as crianças??" Só que os dois já tem mais de 20 anos..... Mais um tempinho passou e Léo, apressadinho para algumas coisas, fez logo questão de nos brindar com dois tesouros: Yan e Estela. Com esses dois na minha vida, fui exercitando minha porção paterna. E hoje entendo bem mais a preocupação que minha mãe tinha conosco. Yan, com seus quinze anos, é cada vez mais parecido com o pai. E quem conheceu Léo sabe bem do que estou falando. E mesmo que eu sofra pelo fato de Estela morar atualmente em Niterói, pelo menos não a vejo ser paquerada pelos molecotes. Afinal de contas, sou um tio-pai extremamente ciumento!!!
Só queria mesmo escrever alguma coisa sobre crianças. Elas alegram nossos dias e têm o poder de nos colocar pra cima em momentos dificílimos de nossas vidas. Até hoje não esqueço do sorriso de Estela aos 5 meses de idade. Minha relação com ela mudou a partir dali. E no dia mais triste da minha vida, na morte de meu irmão, recebi um beijo do meu sobrinho Lucas. Um sobrinho que não tem laços consanguíneos, mas laços de afinidade e afeto. Uma criança que lutou incessantemente pela vida e que, 10 anos depois, continua a nos dar lições de amizade, bom humor e amor.
Sendo assim um beijo do Tio Neto para essa molecada que torna minha vida muito mais feliz: Yan, Estela, Giovanna,Lucas, Lívia, Maria Eduarda, Guilherme, Isabela, Juju, Juan, Claruska e outros que a minha cabeça teima em esquecer agora....
Bom domingo!!!!!!!!!!!!