segunda-feira, 13 de outubro de 2008

UJS apóia Rosinha

NOTA OFICIAL

A União da Juventude Socialista (UJS) vêm por meio desta ratificar publicamente a posição consensual e unânime – aprovada pela direção municipal, legalmente amparada por nosso estatuto - em apoiar a candidata Rosinha no segundo turno das eleições em Campos.A UJS reafirma seu apoio à candidata Rosinha por entender que não deve se abster na atual conjuntura política de Campos. Esse é um momento político importante e decisivo, onde a apatia política e/ou a abstenção não contribui para colocar nossa cidade no rumo do desenvolvimento.É verdade que a União da Juventude Socialista (UJS), por meio de seus dirigentes e quadros, apoiou à candidata Professora Odete no primeiro turno das eleições, participando ativamente de sua campanha e coordenando as ações políticas na área da juventude. É verdade, também, que a UJS optou por apoiar Rosinha no segundo turno, por acreditar que esta candidata é a única no atual cenário político que representa o projeto mudancista na qual defendemos no primeiro turno das eleições.É verdade que membros da UJS ligados organicamente ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que inclusive são membros da referida direção partidária, seguirão a deliberação aprovada por nossa organização de apoiar a candidata Rosinha no segundo turno.É verdade que Marcos Vinícius Tavares é fundador da UJS no município e foi eleito presidente de honra da nossa organização durante o 3º Congresso Municipal da UJS, realizado no último mês de junho. É um importante quadro político, que sempre esteve presente nas grandes batalhas de nossa organização, como na luta contra o fim do passe-livre e nas vitórias conquistadas no movimento estudantil.Ressaltamos, ainda, que Rosinha foi a única candidata a se comprometer com as reivindicações da UJS e de toda a juventude campista, como a garantia do passe-livre, a fiscalização da lei da meia-entrada, a criação de uma política de primeiro emprego, a implantação de um programa de estágio remunerado para universitários, a moralização e democratização do programa de bolsas universitárias, entre outras.Por fim, declaramos que defenderemos a nossa posição política com convicção, firmeza e com a mesma coragem que nos fez derrotar a ditadura militar e derrubar o Collor, com a mesma coragem que nos faz ser a juventude cara-pintada que esteve presente em todos os momentos decisivos no Brasil.Saudações a quem tem coragem!
André Lacerda-Presidente Municipal - UJS Campos

Nenhum comentário: