sábado, 11 de outubro de 2008

Meu voto é..........

9 comentários:

Anônimo disse...

MAS FALTOU UM NEGÓCIO PRA VC QUE É TÃO CRÍTICO!!!!!!

A R N A L D O , NUNCA MAIS!!
SEJA COERENTE...

Gervásio Neto disse...

Caro anônimo,

não pense vc que é fácil adotar qualquer postura nesse momento. Quem faz isso corre o risco de ser massacrado por quaisquer dos lados protagonistas nessa eleição. Já que mencionou que sou "tão crítico", imagino que visite o blog de vez em quando. Então sabe que critico os dois lados. E agora vivo o mesmo dilema que passei 1 semana antes do 1° turno. Lá eu consegui achar uma candidata. Agora é mais complicado. E hoje só tenho uma certeza: Não gostaria de ver a cidade comandada pelo casal Garotinho novamente. O problema é que seu adversário não é o que posso chamar de ideal para governar Campos. Tenho até dia 26 para decidir. Um abraço

Sérgio disse...

Neto,
Votei e fiz campanha para Odete como vc sabe. Neste 2° turno, mesmo sabendo que os dois candidatos não são o que desejo para nossa Campos, fiz a opção pelo "menos pior". E isso pq penso da mesma forma. Não votarei em nada que represente Garotinho.
Sendo assim, voto 12!!!
Com pesar.

Anônimo disse...

Parabéns Neto e Sérgio. É com sua ajuda que a cidade continuará no caminho do desenvolvimento. Olhem as ruas: limpas, bem tratadas. Olhem o povo: feliz e bem amparado. Olhem tudo isso com o orgulho de quem tem mérito por essa prosperidade e ajudará Campos a ficar ainda melhor.
Dia 26, votemos 12. Depois tomemos um chopp, um conhaque talvez. Com a sensação de dever cumprido, por ter expulsado Garotinho de Campos.
Na semana seguinte à eleição, diante de mais um escândalo de corrupção no governo Mocaiber, vamos vestir nosso manto de hipocrisia e covardia e bradar, furiosos, que a justiça precisa agir e etc etc.
Mas não, não será incoerência. Vale tudo contra Garotinho, um ignorante que exala cheiro de pobre e não aprecia boa música e o cinema europeu.
Agradeceremos a Deus nosso pão de cada dia, pediremos perdão por nossos pecados e teremos a certeza de que somos boas pessoas, preocupadas com o próximo.
Mas, antes disso tudo, caro blogueiro, lhe peço uma coisa: retire do seu perfil a frase "cada vez mais preocupado com o triste quadro atual que vivemos.". Hipocrisia tem limite.

Anônimo disse...

Sabendo que o seu espaço é bem democrático, e só por isso, me adianto em fazer um comentário.
Já experimentamos os governos dos Garotinhos. Não foram os ideais.
Todavia, os Vianna e Mocaiber foram de arrasar. Verdadeiros "tsunamis".
Daí que, acredito, que a assunção de Rosinha e diante das grandes dificuldades políticas que o clã Garotinho vem passando, acredito, repito, que o governo dela será de redenção.
Nunca mais haverá tão grande oportunidade para que eles demonstrem efetivo trabalho.
Ou então, será um verdadeiro suicídio, o que eles não farão.
Diante do exposto, voto 15.
Aqueleabraço

Gervásio Neto disse...

Como aqui existem muitos anônimos, me dirijo ao segundo.
Não curto cinema europeu. Prefiro o nacional, ou uma boa comédia romântica com Meg Ryan. Conhaque não bebo há mais de 12 anos depois de um porre monumental na Pecuária. Mas pode ter certeza que não beberei um chopp para comemorar nada!! Até pq não vejo motivos para isso. O momento mais uma vez é de lamentação. Por saber que a cidade que nasci e que amo se encontra nesta situação. Mais uma vez. Estou cada vez mais enojado disso tudo!!! Dos mesmos nomes, das mesmas brigas, das liminares e julgamentos. Respeito sua opção por Rosinha. Tenho pessoas que gosto muito que farão o mesmo. E em nenhum momento eu disse que votaria no 12. Não me agrada esta idéia. De qualquer forma, agradeço a visita e o seu comentário.
Uma das razões que me motivam a ter um blog é justamente a interatividade. É bacana observar as diferentes opiniões. Só não admito que uma pessoa que se intitula "anônimo" venha tentar me dar lição de moral, ao me chamar de hipócrita. Vamos devagar!!!
Para sua alegria e de muitos, acho que sua candidata vai vencer. Espero que metade do que ela vem prometendo se transforme em realidade. Para o bem de Campos.
Ao último anônimo, meu muito obrigado pelo comentário. Fico na mesma torcida.
Grande abraço

Flávia D'Angelo disse...

Neto, lí seu comentário no blog de Flávio, e vc tem todo direito de ter essa atitude, mas entre 8 anos sem aumento aos professores, lembrando que minha mãe tb é parte dessa classe, e contra mais de 10 sem aumento, sem saúde, sem moral, sem ética, sem concursos, sem obras...ufa!!Fico com a 1ª opção!!Não quero e nem posso mudar sua opção, só coloco um argumento para tomar a minha,ok?"

Gervásio Neto disse...

O debate é sempre bom, Flávia!!
Não falo só de 8 anos sem aumento. Falo da maneira com que o funcionalismo público foi tratado. Mas entendo seus argumentos.

Temos em comum o fato de querer que nossa cidade saia dessa situação. Não vejo esperanças à curto prazo com nenhuma das duas candidaturas existentes. Meu voto é de rejeição mesmo. E muito pesar.

Anônimo disse...

Do blog Novo Céu Nova Terra:

"Aproxima-se a data marcada para o segundo turno das eleições municipais.
Até que a justiça decida de outro modo, estamos diante de uma importante escolha.
De um lado o poder municipal lutando para permanecer poder.
De outro lado a recordação de um passado distante que já esteve tão perto de nós.
Durante mais de uma década fomos induzidos pelo poder da mídia a rejeitar os nomes do casal Garotinho em nossa cidade.
Toda coisa ruim e toda desestrutura de nosso município, nós nos acostumamos a responsabilizar o casal Garotinho pelo fracasso e pela miséria de nossa gente.
Em pouco tempo e após muita campanha de mídia, aprendemos a tomá-los como um casal populista, assistencialista e que sempre atuou em nome das próprias vaidades.
Era necessário então esquecê-los e apagar suas pretensões políticas de gerenciadores daquilo que são o anseio de nossa gente: civilidade, trabalho e respeito...
Entregamos a chave da cidade a seus adversários e passamos a sentir um certo orgulho pelo que por muitos anos consideramos a grande vitória: Garotinho nunca mais...
Os novos guardiães da cidade não traziam em sua bagagem o grau de rejeição nem o discurso dos Garotinho, e aquilo nos fazia sentir livres de seu domínio.
O tempo passou e a ansiada melhoria da qualidade de vida de um município livre do casal Garotinho foi trocada por promessas de um futuro tanto mais maravilhoso e pleno de progresso quanto mais distante...
As obras não vieram, mas o alivio provocado pela distancia do casal Garotinho da vida publica local fez com que pouco a pouco nos habituássemos a viver numa cidade suja, pobre, doente, desestruturada e frágil...
Um belo dia fomos forçados a aprender termos jurídicos e ver nossa cidade na foto da capa da mídia nacional...
Nosso município virou manchete da farra dos royalties e cenário de tristes acontecimentos envolvendo seus governantes.
Passamos a nos alimentar de liminares e batidas da Policia Federal.
Ninguém mais estava livre de suspeita.
Passado probo e moral ilibada viraram meros argumentos de oratória.
Estávamos envergonhados.
Era esse grupo político a que confiamos, orgulhosos disso, a missão de apagar a memória dos Garotinho?
Era esse mar de lama e de miséria o nosso sonho de cidade ideal?
Em algum momento nos recordamos dos CQVs, da reabertura do Ferreira Machado, da revitalização do Teatro de Bolso, da construção do Trianon, da recuperação do Farol e de tanta coisa que foi feita pelo casal que exilamos e a partir daí nos sentimos ludibriados...
Criaram uma imagem de “coisa ruim” para o casal Garotinho e enquanto muita gente comprou essa imagem, alguns poucos, por trás dela, trataram de saquear o que tínhamos de mais puro e sincero: a esperança de dias melhores...
Chega a hora oportuna, entretanto de nos livrarmos dessa asfixia induzida pelos verdadeiros piratas de nossa boa fé.
É hora de devolver a credibilidade à nossa governadora.
Chegou o momento de colocar um fim nesse capitulo negro de nossa história atual e começar a escrever com novas cores, livres de preconceitos estrategicamente plantados, o futuro de nossa gente.
26 de outubro é dia de escolher Rosinha para prefeita não por sua infalibilidade ou com objetivo de canonizá-la.
26 de outubro é dia de escolher Rosinha para prefeita simplesmente para devolver-lhe a credibilidade que lhe foi roubada pelos mentirosos e pelos sem nenhum caráter .
É dia de escolher Rosinha para prefeita porque nesses últimos dez anos já fomos suficientemente enganados pelos que se prometiam defensores da moralidade e se revelaram sepulcros caiados e homens sem escrúpulos.
Dia 26 é dia de voltar a acreditar que nosso passado recente já pode ficar para trás.
Dia 26 de outubro é dia de votar em Rosinha para prefeita para que Campos possa sonhar a voltar a viver em paz.

Luis Alberto Mussa Tavares
Médico pediatra"


OBS.: Já são quase 11 anos com Garotinho longe da prefeitura, dos problemas imediatos da cidade. O anti-garotismo venceu em 2004 e 2006. A maioria da população achou (e provavelmente você também) que a prioridade era afastar Garotinho, expulsá-lo de Campos. A pergunta é uma só: VALEU A PENA? Se você acha que sim , que a cidade vai bem, vote 12 com convicção. Se você, como eu, acha que não, vote 15 e dê uma chance para a mudança. Garotinho pode não ter sido o governador que esperávamos, mas, apesar do estilo às vezes irritante, foi um excelente prefeito. Se a mudança não é 100% certa com Rosinha, é impossível com Arnaldo.
Abraços,
Cláudio