terça-feira, 8 de abril de 2008

Parabéns aos verdadeiros jornalistas!!!!


Eu estava pensando em um mote para escrever sobre meu desencantamento com boa parte da imprensa de minha cidade. E escrevo isso, um dia após do dia do jornalista, comemorado ontem dia 07 de abril. Vivendo um momento traumático e sem precedentes, o campista hoje se vê diante de um dilema quando quer se informar, mas com isenção, ética e independência. Os dois maiores jornais de nossa cidade há tempos travam uma guerra política que, após os acontecimentos de 11 de março, ganhou proporções inimágináveis. De um lado, o tradicionalíssimo "Folha da Manhã", da família Barbosa e defensor aguerrido do (des)governo Mocaiber. Do outro, o jovem (em idade), mas arcaico( em linha editorial), "O Diário", ligado ao ex- (des) governador Anthony Matheus. Nos últimos tempos, temos sido testemunhas de como os bastidores do poder e do jornalismo são ligados. Logicamente, sabemos que isso sempre existiu na maiores democracias do mundo, mas é de estarrecer uma pessoa com um mínimo de discernimento e visão política, o que esses dois veículos de comunicação (??) vêm fazendo. De envergonhar!! Para nossa sorte, temos outras opções. E mesmo sendo o mais tradicional jornal de nossa cidade e um dos mais antigos do nosso país, o "Monitor Campista", há muito tempo esquecido, se transformou na minha modesta opinião, no jornal que pode nos passar a credibilidade e independência que tantos de nós queremos. Pode ser que eu esteja exagerando, e dentro de algum tempo, me decepcione também com a postura do 'Monitor", mas hoje ele é de longe o jornal mais confiável.

Além dos jornais de nossa cidade, temos também a guerra pelas "ondas do rádio". E isso também, infelizmente acontece há um bom tempo. Programas são produzidos e vão ao ar, com intuito único de criticar e espinafrar o adversário, ou elogiar e ressaltas a importância dos seus "patrões", sejam eles prefeitos, ex-prefeitos, ex-governadores, etc...

Tenho amigos jornalistas. Já quis ser um também. E, de repente, por intermédio desse blog, estou realizando esse sonho, já que adoro escrever. E por isso minha tristeza e desilusão. Poderia falar mais. Lembrar de outros fatos, em outras cidades...como esquecer por exemplo, a já conhecida edição da Rede Globo no debate de 89 entre Lula e Collor, quando favoreceu descaradamente o homem que tinha "aquilo roxo". Mas hoje pretendo só expressar minha tristeza com a situação de minha cidade. Aliás, infelizmente, é o que me traz mais aqui. Mas vai passar....

Para não dizer que não falei de coisas boas, coloco uma foto de 2 caras sensacionais, profissionais de primeira linha e jornalistas que honram a profissão. O meu abraço aos amigos (já que sempre estão em minha casa, por meio da ESPN Brasil), José Trajano e Juca Kfouri.

E a torcida, mesmo que um tanto utópica, que dentro em breve, possamos viver uma nova realidade em nossa Campos.
Obs: foto extraída do site da maravilhosa revista "Caros Amigos".