segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Feliz aniversário, envelheço na cidade...



Escrevo esta postagem no dia 29. Como não terei tempo de vir aqui no dia 30(hoje), deixarei programada.

O que,decididamente, não estava programado é que meu irmão fosse embora tão cedo. Mas foi....

Só que hoje é dia de festa. Seu aniversário. E mais uma vez agradeço por ter tido a chance de conviver contigo durante 28 anos, Zé! Mais uma vez agradeço por ter nos deixado Yan e Estela. Por ter nos deixado um exemplo de amizade e companheirismo. Por aquele porre que tomamos aqui em casa durante uma tarde, perto de um carnaval, onde pudemos conversar e nos abrir como nunca acontecera. Obrigado até pelas discussões que tivemos. Até disso sinto falta. E por fim, obrigado por se preocupar comigo até hoje.

Como é segunda, não comerei feijoada ou mocotó, como nos seus lendários aniversários. Nem mesmo beberei uma cervejinha, até porque você sabe bem que estou tentando maneirar. Mas vai aqui meu beijo com toda gratidão, saudade e amor que houver nessa vida!!

Valeu cabeludo!!!