quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O tempo é senhor da razão


Desde o desencarne de meu irmão Léo, num 16 de dezembro de 2001, perdi a alegria de curtir o Natal. Na verdade, em 2009 já tinha conseguido recuperar um pouco este sentimento ao viver momentos de extrema alegria e confraternização, quando me vesti de Papai Noel e recebi abraços, sorrisos e beijos de várias crianças. Mas hoje acho que me recuperei por completo. Acabo de, junto com minha esposa, decorar nosso cantinho com duas árvores de Natal, uma na sala (a da foto acima) e outra em nossa sacada.
Lembro-me com muita saudade quando eu e meus irmãos, ainda crianças, ajudávamos minha mãe a deixar nossas diferentes casas em muitos anos de Cabo Frio com o verdadeiro espírito natalino. Como era bom!! Já sabíamos que boa parte da família se encaminharia para lá, onde curtiríamos momentos de união, amizade, fé e muito amor.
E como estamos iniciando o mês de dezembro, que este verdadeiro espírito invada os lares de todos os amigos que aqui vêm. Bom dividir com vocês a minha alegria desta noite!
Muita luz a todos!!

2 comentários:

Karina Alves disse...

Vc não faz ideia do quanto fico feliz de ler esas suas palavras.... meu querido é isso que Deus quer de nós que tenhamos alegria em nosso coração....e que sua união com Renata seja eterna... amo vc ...bjs que Deus possa continuar derramando bençãos em sua vida...

Ana Paula Motta disse...

Que lindo isso. Acho tão bom quando alguém consegue se investir desse espírito natalino. Beijão para vocês dois.