terça-feira, 24 de abril de 2012

Postagem de blogueiro morto no Maranhão falava sobre pistolagem



O jornalista Décio Sá, repórter e blogueiro do jornal "O Estado do Maranhão", foi assassinado na noite desta segunda-feira com tiros a queima-roupa num bar, na Avenida Litorânea, em São Luís. Repórter político, Décio era conhecido por fazer denúncias em seu blog. O crime abalou a opinião pública maranhense e chocou jornalistas e defensores de direitos humanos.

Em seu penúltimo post publicado no Blog do Décio, o jornalista contou que advogados de pistoleiros acusados de matar um líder comunitário em Barra do Corda (MA) pediram para transferir o caso para São Luís.

Escreveu Décio:

"A defesa dos pistoleiros Moises Alexandre Pereira e Raimundo Pereira, acusados de matar no ano de 1997, em Barra do Corda, o líder comunitário e sem-teto Miguel Pereira Araújo, o Miguelzinho, a mando do empresário Pedro Teles, ajuizaram nesta segunda-feira pedido no Tribunal de Justiça do Maranhão solicitando a transferência do julgamento para São Luís."

O secretário de Segurança do Maranhão, Aluisio Guimarães Mendes Filho, esteve no local do homicídio que está sendo considerado um crime de pistolagem, por encomenda, e que representa grave ameaça à liberdade de imprensa no Maranhão.

O Maranhão tem uma representação do Disque-Denúncia do Rio, e atende pelos telefones (98) 3223-5800 (São Luís) e 03003135800 (interior). Como o autor dos disparos não escondeu o rosto e o bar onde houve o crime estava lotado é possível que a polícia consiga informações anônimas e consiga fazer o retrato falado do assassino.

Fonte: Blog de Ancelmo Gois

Nenhum comentário: