sábado, 12 de setembro de 2009

Ira e ódio- Schopenhauer


"Deixar transparecer a ira ou o ódio em palavras ou expressões faciais é inútil,
perigoso, pouco inteligente, ridículo e vulgar.
Sendo assim, a ira ou o ódio devem ser demonstrados unicamente nas ações,
e isso poderá ser feito tão mais perfeitamente
quanto mais perfeitamente forem evitadas as atitudes anteriores. "
in "A Arte de Ser Feliz"