terça-feira, 6 de maio de 2008

"Ganhando ou perdendo..sou BOTAFOGO assim mesmo"


O título desse texto tirei do msn do meu velho. Graças a ele sou alvinegro!! Valeu Pai!!


Já se vão dois dias da fatídica decisão. Mas até hoje recebo recadinhos via torpedo, msn e orkut de amigos sobre o resultado de domingo. Hoje inclusive uma grande e especialíssima amiga, a Dra. Cíntia Pinheiro Fagundes (já citada no texto dos Saltimbancos), melhor dentista da América Latina (mande a verba depois...) cobrou-me um texto sobre o jogo. Pois bem. Esse é o momento.

Primeiramente devo dizer que estou feliz. Pessoas que amo muito torcem pelo outro time: meus sobrinhos Yan e Estela (na verdade começaram a torcer depois de muita pressão familiar, pois eram botafoguenses até os 2 anos...rsrs), meu irmão Léo e minha Tia Ceila torciam também...Tia Nina, Gigi, Gugu, Denny, Marquinho, só para citar alguns amigos... Mas quem me conhece há algum tempo sabe o que sinto quando vejo uma camisa do time da Gávea. Nunca escondi de ninguém o meu pensamento. Só que com o tempo acho que amadureci. Ainda sou um pouco maluco e supersticioso sim, como todo bom botafoguense, mas como todos sabem, só amadurecemos na porrada. É assim em nossas vidas e acredito que tenha sido assim comigo em relação ao Botafogo. Fatalmente estaria vibrando e sacaneando os torcedores do outro clube, como eles fizeram comigo, mas o que posso fazer se mais uma vez meu Fogão deixou a desejar?? Sou admirador do trabalho e do estilo do Cuca e do Bebeto, porém nos momentos cruciais algo acontece. E quem sofre somos nós, torcedores....

Mas de uma coisa não se pode duvidar. O título foi justo. O outro time jogou bem melhor, com mais garra e vontade. Só não faço coro mais com aqueles que falam e exaltam tanto a famosa Nação. Depois que marcamos nosso gol a tão propagada torcida aquietou-se. Infelizmente não tivemos competência e vontade para marcarmos mais um no primeiro tempo. E por isso, o resultado foi justo. De qualquer forma continuo apaixonado pelo meu Fogão e detestando o outro time. Só acho duas coisas. Somos a nova versão do Vasco. É chegar na final contra o outro time e o resultado já é sabido com antecedência. Ano que vem se continuar assim, torcerei pelo Flusão no Campeonato Carioca...rsrs .. E por último, precisamos urgentemente mudar nossa música, pois já ficou provado que o tal do "E ninguém cala o nosso amor..." dá um azar danado... desde que a música-por sinal maravilhosa- começou a ser cantada pela massa alvinegra nos estádios, viramos o time do quase. E chega de quase!!!!!!!!!!!!!!

SAUDAÇÕES APAIXONADAS BOTAFOGUENSES!!


PS- Contratar Carlos Alberto é brincadeira!!! Acorda Bebeto de Freitas!!!!