quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Do blog do Ancelmo Góis

A OAB ferve
Na direção da OAB nacional, o movimento de oposição ao atual presidente da seção do Rio, Wadih Damous, é visto como resultado das brigas que o advogado comprou durante sua gestão.
Ao propor ação semana passada, no Supremo, para anular a decisão do CNJ que validou o concurso de juízes do TJ-RJ em 2006, por exemplo, Damous e o presidente da OAB Nacional, Cezar Britto, na opinião de alguns dirigentes da Ordem, podem ter levado para a oposição o desembargador aposentado Silvio Capanema, possível candidato do grupo dissidente à presidência da OAB-RJ.

É que...
Um dos filhos do desembargador, João Paulo Knaack Capanema, foi aprovado no concurso que, se for anulado, pode prejudicar os magistrados aprovados como resultado de seu próprio esforço na prova.
A anulação do concurso prejudicaria tanto os suspeitos de terem participado das irregularidades que deixaram o concurso sob suspeita quanto os outros.