segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Globo Amazônia ultrapassa 1 milhão de protestos contra o desmatamento

Menos de 24 horas após o lançamento oficial do portal Globo Amazônia e do mapa interativo Amazônia.vc, divulgados neste domingo (7) no Fantástico, 1.008.857 protestos contra as queimadas e o desmatamento da floresta já estavam registrados no site.
As manifestações foram realizadas pelos 58.331 usuários que instalaram o mapa (veja aqui como fazer). Integrado com a rede social Orkut, o Amazônia.vc permite o acompanhamento, em tempo real, dos focos de destruição da floresta amazônica.
Para quem quer participar ativamente da luta contra a devastação da floresta, o mapa interativo abre espaço para o registro de protestos, que serão utilizados pelo Globo Amazônia para a realização de reportagens e para cobrar atitudes mais fortes dos governos.
Ranking de reclamações
Desde a estréia, o estado em que mais houve protestos foi o Pará, onde os usuários deixaram 475.751 manifestações. Em segundo lugar ficou o Mato Grosso, com 168.770protestos, seguido de Rondônia, que registrou 131.043 reclamações. O ranking dos estados nos protestos contra queimadas e desmatamentos é proporcional à destruição das suas matas. No último levantamento divulgado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), que mediu a perda da floresta em julho, o Pará foi o local onde houve mais desmatamento. Nesse estado, 236 km² de mata foram retirados em apenas um mês. Mato Grosso ficou em segundo lugar, com 33 km² de florestas derrubadas, seguido pelo Amazonas, onde os satélites do Inpe detectaram 24 km² de destruição.
FONTE: G1