segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Momento decisivo para a Justiça Eleitoral

Em mais um brilhante artigo intitulado "As razões invisíveis" publicado ontem no Monitor Campista e disponível também aqui/, o jornalista Vítor Menezes trata das eleições em nossa cidade, porém com as limitações que a Legislação Eleitoral lhe impõe. De qualquer forma, serve de reflexão para muitos eleitores e candidatos. E logo no começo do texto, no meio de algumas indagações, uma me chamou mais atenção: "Por que candidatos notoriamente reconhecidos como corruptos ainda conseguem votos suficientes para serem eleitos?"
É uma velha discussão que nunca sai de moda.
E até o dia 5 , com a realização do pleito, a Justiça Eleitoral terá uma bela oportunidade de mostrar serviço. Em qualquer lugar que se vá, você ouve comentários e afirmações de compra de votos, principalmente entre os candidatos a vereador. Os candidatos são sempre os mesmos. É o caso de se ter uma fiscalização severa e frequente. Entramos na fase decisiva da campanha e a concorrência é cada vez mais acirrada, principalmente dentro das coligações! As suspeitas - para não falarmos outra coisa- são fortes demais e aqui mesmo na blogosfera, muitos amigos já falaram sobre o assunto. Para citar um, o professor e flamenguista Fábio Siqueira que no dia 11 de setembro escreveu:
"Parece óbvio, mas é uma questão que há muito tempo me incomoda. Há quatro ou cinco eleições, ou seja, há mais ou menos 10 anos, apresento voluntariamente minha identidade para os mesários da minha seção, quase como uma provocação, e eles reagem sempre com uma desatenção e um desinteresse preocupantes. Já observei, percorrendo várias seções de diversas Zonas, que tal comportamento é generalizado e que os eleitores votam facilmente apresentando apenas um título eleitoral. Paripassu, no Boulevard são apontados - embora não haja provas - vários "agenciadores de títulos", figuras conhecidas da política local.
A obrigatoriedade da apresentação de documentos de identidade com foto é uma providência simples que pode reduzir os riscos a democracia representados por tais denúncias. "
Será que teremos um trabalho sério, responsável e cidadão por parte dos mesários no dia da eleição?? É o dia "D", pois muitos desses candidatos darão o chamado "pulo do gato" neste momento. Olho vivo!!
Em relação à disputa para prefeito, não quero ser pessimista, mas me parece que estamos vendo uma espécie de "vale a pena ver de novo"(nesse caso específico, NÃO vale a pena ver de novo). Pois na minha opinião, independentemente do resultado, estaremos reféns mais uma vez de decisões judiciais. É a triste rotina que nossa cidade vive.
E pelo jeito, ainda viverá por algum tempo. Quem viver, verá.

4 comentários:

Sérgio disse...

A verdade que basta um passeio pelo calçadão, por exemplo, para sabermos quem é quem nesta inglória luta por um lugar na Câmara dos Vereadores!!! ESpera-se mesmo que a Justiça dessa vez não feche os olhos!!!

Mário disse...

"A política baseia-se na indiferença da maioria dos interessados, sem a qual não há política possível."
(Joseph de Maistre)
A indiferença do povo (maioria dos interessados) faz com que "medalhões" da política se prepetuem no poder.
Esse filósofo francês foi o mesmo que afirmou que todos os povos têm o governo que merecem.
Bem sugestivo para nossa realidade.

Verônica disse...

Neto,
Moro no IPS e aqui ouvimos muitas coisas tb. O valor já chegou a R$200,00. Só não sou louca de dizer nomes. A turma é mafiosa. Tomara que a Justiça Eleitoral fiscalize mesmo.Mesmo sabendo que alguns integrantes do Judiciário estão com uma certa boa vontade com a candidatura do Popozão.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,