terça-feira, 16 de dezembro de 2008

7 anos de saudades- parte II


"O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo..."
Mário Quintana
O cabeludo adorava estar com seus amigos de verdade por perto. Uma cerveja gelada, uma boa música e o papo rolava indefinidamente. A foto em questão é com Rodrigo Florêncio, grande amigo. Além do time da gávea, os dois adoravam Legião Urbana. Em homenagem à esta dupla especial...."Giz"


6 comentários:

Professora Hilda Helena disse...

Ouvi o vídeo e fiquei pensando ...Legião Urbana é tão vivo quanto eu,você,seu irmão,meu irmão que perdi há 2 anos .Hoje mesmo estava pensando nele e fiquei feliz por saber que a existencia dele valeu muito a pena pois sinto saudades e eu consigo trazer à memória aquilo que me dá esperança....a alegria de ter feito parte de sua vida e eu estando viva ele nunca vai deixar de existir!!!!
Um abraço!!!!

Gervásio Neto disse...

Obrigado pela postagem , Hilda! E penso da mesma forma. E como ele me deixou dois anjos, é só olhar pra eles que o sinto por perto.

Gustavo Rangel disse...

Lembro bem daquele dia, os comentários foram grandes....uma volta ao mundo espiritual pra lá de inesperada e abrupta. Só alguém que perdeu um ente querido (sei bem como é isso) pode imaginar o que se passa com vc. Fique a vontade, faça homenagens e o que mais vier a mente. Ainda bem que o espiritismo nos conforta nessas horas e nos dá força para seguir adiante. Força e paz!!! Você é um cara especial!!!

Álvaro Marcos disse...

Grande Neto. Espetacular a postagem. Não dá para escrever nada além disso. Um abração.

Monica disse...

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Martha Medeiros

Gervásio Neto disse...

Lindo texto, Mônica.
Valeu!!!!!