quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

O ano novo e seus simbolismos

- Pular as sete ondas significa equilibrar os sete campos energéticos, chamados de chacras. Mergulhando na mitologia da antiga Grécia, encontra-se Oceano, filho da terra e do céu, ou dos deuses Gaia e Urano. Oceano casa-se com Tetis e tem 3 mil rios e 3 mil ninfas como filhos. Essa origem mitológica corresponde à consciência humana dadivindade da água.

- O conceito de que o oceano é a origem da vida vem da tradição judaica- cristã. Também os hindus, chinesese gregos acreditam na purificação e na harmonia por intermédio das águas. Jogar flores ao mar é uma tradição que vem do Haiti e da Dinamarca, onde se realizavam banhos com ervas, para resolver problemas ou dificuldades no dia -a - dia, ou ainda jogar flores brancas e vermelhas para atrair a força e a determinação para o próximo ano.

-Os fogos de artifícios têm uma origem especial, na Letônia, El Salvador e no Chile onde são usados para afastar os maus espíritos,com uma mensagem ancestral muitoprofunda.

-A romã é símbolo da fartura e da fertilidade, devido aos seus inúmeros grãos é é de origem africana. Chegou ao Brasil com a tradição de que sete caroços de romã sejam chupados e guardados nos cantos da casa, para que o ano novo seja repleto de fartura e prosperidade. Na tradição cristã é símbolo de esperança. Vem da Dinamarca a tradição dos 12 caroços chupados no dia 31para atrair saúde, paz e dinheiro.

- A tradição da uva foi introduzida no Brasil por volta de 1532 com a chegada da primeira videira. Na maioria dos países a uva é usada como símbolo de boa sorte. Um dos rituais mais comuns é comer três uvas brancas virando- se de costas paraa Lua. Antes de comê-las, eleve cada uma dela aos céus e faça um pedido.

- As sementes entraram nas tradições de fim de ano como símbolo mágico do ciclo infinito da vida. Simbolizando riqueza, fertilidade e abundância. No Japão, a tradição vem do arroz pela sua cor branca ser comparada a algo divino e transcendental. Numa ceia de ano - novo não pode faltar o kagamimochi (bolinhos de arroz).

-As lentilhas são grãos considerados sagrados. Citadas no Gênesis, no episódio em que Esaú e Jacó negociam o direito de comer primeiro um prato de sopa feito de lentilhas, que trazem a simbologia da renovação e do renascimento para o novo ano.

Fonte: Tânia Gori, escritora, pesquisadora de tradições e costumes antigos e idealizadora da Universidade Livre Holística Casa de Bruxa