sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Mais de 2,6 mil morrem anualmente por tabagismo passivo, diz pesquisa


Pelo menos 2.655 não-fumantes morrem a cada ano no Brasil por doenças vinculadas ao tabagismo passivo, segundo informou, nesta sexta-feira (22), o estudo “Mortalidade atribuível ao tabagismo passivo na população brasileira”, realizado por pesquisadores do Instituto Nacional de Câncer (Inca) e do Instituto de Estudos de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). De acordo com a pesquisa, ao menos sete brasileiros morrem diariamente por doenças provocadas pela exposição passiva à fumaça do tabaco. A maioria das mortes ocorre entre mulheres (60,3%). Na pesquisa, que estimou o número e a proporção de óbitos, foram consideradas apenas as três principais doenças relacionadas ao tabagismo passivo: câncer de pulmão, doenças isquêmicas do coração e acidentes vasculares cerebrais. O estudo considera como fumantes passivos as pessoas que nunca fumaram e que moravam com pelo menos um fumante no mesmo domicílio. Apenas pessoas com 35 anos ou mais foram alvo do estudo. Fumantes e ex-fumantes não fizeram parte da população avaliada.

De cada 1.000 mortes por doenças cérebro-vasculares, 29 são atribuíveis à exposição passiva à fumaça do tabaco. A proporção é de 25 para 1.000 no caso de doenças isquêmicas e de 7 para 1.000 mortes por câncer de pulmão. Os óbitos de mulheres são de 1,3 a 3 vezes mais elevados que os de homens. Das 2.655 mortes, 1.601 foram de mulheres. A faixa etária que registra maior ocorrência, tanto em homens quanto em mulheres, é de 65 anos ou mais.

De acordo com o Inca, o “Inquérito Domiciliar Sobre Comportamentos de Risco e Morbidade Referida de Doenças e Agravos não Transmissíveis”, realizado em 15 capitais brasileiras e Distrito Federal pelo Inca e pela Secretaria de Vigilância em Saúde em 2003, serviu como fonte para a pesquisa. A população de estudo do Inquérito foi representada por 23.457 indivíduos, residentes em 10.172 domicílios.


FONTE:G1

3 comentários:

Polêmica disse...

Eu trabalhava em uma empresa e estava sempre em contato com fumantes. A fumaça é do cigarro é bem incômoda, me fazia tossir. Mas, se o problema fosse só esse, tudo bem. Mas, o problema é bem mais complexo conforme diz a pesquisa. Ás vezes eu acho que o ar todo está contaminado! Fazemos exercícios e nos alimentamos bem mas, sem ar de qualidade para respirar, de nada vai adiantar né!

Beijinhos!

Verônica disse...

Sou ex-fumante e sei bem como é difícil parar. E quantas vidas são desprezadas???
É bom que se divulgue dados assim. Me sinto até um pouco culpada. Demorou um pouquinho, mas tomei vergonha na cara

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,